sábado, 19 de dezembro de 2009

Deus procura um homem para ficar na brecha

Ezequiel 22.30.
O texto começa fazendo a seguinte afirmação: “Busquei entre eles um homem…” . Surge então a primeira pergunta: Por que Deus procura um homem? Para entender melhor essa pergunta, precisamos olhar para o contexto da profecia.
Ezequiel está falando para uma cidade completamente coberta pelo pecado. Para um povo que escolheu viver distante de Deus. Jerusalém estava vivendo momentos de intensas abominações, e isso incomodava o coração de Deus de maneira que Ele precisava intervir pela sua justiça e pelo seu amor. Jerusalém havia se tornado numa “Sodoma” irrecuperável e assim como foi com aquela cidade do tempo de Abraão, cuja prática do pecado era tão grave a ponto de se levantar um clamor cósmico reivindicando a justiça divina contra ela, também agora estava sendo com Jerusalém.
O texto acima referido contém uma lista de pecados praticados por uma geração que viveu entre os anos 593 e 571 a. C. Que não só lembra a Sodoma de outrora como bem poderia ser confundida com os dias de hoje.
Jerusalém aqui é apresentada como uma sociedade sanguinária. Matar homens inocentes havia se tornado esporte para uns, e comércio para outros. Assassinos eram contratados para que os poderosos não sujassem as mãos de sangue, (II Reis 21.6; 24.4).
Havia injustiça Social por toda parte afetando diretamente a instituição base da sociedade que é a família. Os pais eram desprezados pelos próprios filhos e as viúvas e os órfãos pelos parentes e pelo governo. Homens davam falsos testemunhos promovendo o derramamento de sangue. Perversidade sexual; Prostituição, adultério, incesto. Extorsão, suborno, usura. Lucros excessivos, desonestidade, roubo. Exploração por toda parte e o que é pior: Desprezaram a Deus.
Uma geração que virou as costas para Deus e passou a praticar o sincretismo religioso transformando os cultos em ambiente até mesmo de conspirações. Acaso teria alguma diferença do mundo de hoje? Entende agora por que Deus procura um homem?
Sempre que uma geração se afasta dos caminhos do Senhor e se volta para os próprios caminhos, e seus pecados se tornam gritantes diante de Deus, Ele procura alguém com quem possa contar para combater o pecado. “Busquei entre eles um homem…”
Mas, qual é o TIPO de homem que Deus procura? “…um homem”. Isso nos enche de consolo e de expectativa. A história nos mostra que os homens que Deus usou para realizar a sua vontade era gente de carne e osso como eu e como você. Gente tão humana que foi preciso encorajá-la muitas vezes.
Moisés, escolhido por Deus para libertar Israel dos egípcios, se sentia incapaz. A Josué Deus precisou dizer: “ser forte e corajoso, …”. Assim foi com Gideão, Davi, Jonas, Neemias e muitos outros. O medo, a covardia, a dúvida, a insegurança, a incerteza, a fraqueza, o cansaço, o desânimo, a perda, o luto, a dor e até mesmo a fuga fizeram parte da vida desses líderes heróis. Porém, através deles Deus fez histórias. Logo entendemos que esse homem pode ser alguém como eu ou você. Aleluia!!
PARA que Deus procura um homem? Para “…ficar na brecha..”.
Qualquer cidade com brecha no muro, significa perigo iminente! Ezequiel usa essa metáfora para denunciar a falta de compromisso com a Palavra de Deus. O sincretismo religioso passou a fazer parte dos seus cultos. O liberalismo tornou-se moda e as pessoas viraram as costas para Deus. O relacionamento estava quebrado como uma brecha num muro de proteção.
Quando o muro da retidão está abalado pela brecha da maldade, a justiça divina prevê juízo (Salmo 89.14). Todavia em se tratando de Deus, a misericórdia triunfará sobre o juízo (Miquéias 7.18), sempre que a brecha for tapada.
Aqueles (os profetas) que deviam denunciar o pecado da nação e desafiá-la ao arrependimento, isto é, construírem os muros de proteção moral e espiritual de Jerusalém, contribuíram para o caos espiritual de Jerusalém. Ez. 13.5; Jo 10.12.
Deus procurava alguém que pudesse tapar os muros. Deus continua procurando homens que estejam dispostos a denunciar a imoralidade, a corrupção, a desonestidade e a idolatria da sociedade de hoje. Este alguém pode ser você.
Deus procurava alguém que pudesse ficar na brecha. Alguém que tivesse uma postura intercessória que “convencesse” a Deus de que valia a pena retirar o juízo.
Jesus ensinou essa tarefa aos seus discípulos. Mt. 26.41.
Abraão intercedeu pelos justos de Sodoma Gn. 18.22-33.
Moisés intercedeu várias vezes pelo povo de Deus Êx. 32. 11-14; Nm.16.48.
Neemias fez o mesmo por Israel.
Deus também espera que alguém esteja disposto a fazer o mesmo nos dias de hoje. Por isso Deus continua procurando um homem que possa tapar o muro e ficar na brecha perante Ele a favor de…
Sabendo o que significa tapar os muros e ficar nas brechas… e conhecendo a realidade do mundo de hoje, qual tem sido a nossa atitude diante do desafio de Deus para nossas vidas?
Qual tem sido a resposta que você tem dado ao Senhor durante todo esse tempo?
Deus continua procurando um homem! O desafio em nossa volta, visto da nossa perspectiva, parece ser insolúvel. A realidade da sociedade que aí está, nos faz sentir impotente.
Mas, pela ótica divina, entendemos que Ele só precisa de um homem para fazer a diferença. Um homem totalmente disponível ao Senhor. Um homem que esteja disposto a ficar na brecha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...