quinta-feira, 1 de maio de 2014

Conhecendo os Sonhos


Confia no SENHOR e faze o bem; habitarás na terra, e verdadeiramente serás alimentado. Deleita-te também no SENHOR, e te concederá os desejos do teu coração.  Entrega o teu caminho ao SENHOR; confia nele, e ele o fará.  E ele fará sobressair a tua justiça como a luz, e o teu juízo como o meio-dia.     Salmos 37,3-6

1) Introdução

Existem coisas que ainda nossas mentes não conseguem compreender, pois sabemos que o homem consegue utilizar somente 6% de sua capacidade mental e ainda dizem por aí que “existe mais coisas entre os céus e a terra do que possa imaginar nossa vã filosofia”.

Mas mesmo assim quero lhe falar sobre um assunto polêmico, mas gostoso, complexo, e simples. Quero falar sobre algo que tem várias exposições nos relatos bíblicos: O SONHO. 
Os sonhos têm perturbado muitas pessoas, e neste contexto quero abordar dois tipos de sonhos: o sonho que sonhamos acordados e os sonhos que sonhamos dormindo.

Sei que todo ser humano tem sonhos, e falo agora de desejos e projetos que criamos ao longo de nossas necessidades, e passamos a sonhá-los todos os dias e chegamos a vê-los quando estamos em repouso. Dizem que sonhar não custa nada, e isso é uma grande verdade. Também dizem que sonhar faz bem, e isso é outra grande verdade. Não estou me referindo aos pesadelos, independentemente deles ocorrerem em repouso ou acordado, mas estou me referindo aos sonhos.

Sei que todos os leitores conjecturam sonhos em seus humildes corações; sei que agora mesmo um sonho está lhe incomodando o espírito, mas quero lhe dizer uma coisa, seus sonhos podem se realizar; há uma chance para seus sonhos. Abra seu coração e Deus te abençoará neste momento e que seus sonhos sejam seu combustível.

O sonho é uma experiência que possui significados distintos se for visto em um debate que envolva religião, ciência e cultura. Para a ciência, é uma experiência de imaginação do inconsciente durante nosso período de sono. Em diversas tradições culturais e religiosas, o sonho aparece revestido de poderes premonitórios ou até mesmo de uma expansão da consciência.
    

2) Os tipos de sonhos

Para que possamos entender melhor o final desta mensagem, quero lhes dizer que existem dois tipos de sonhos: um é o resultado de manifestações instintiva ou do mecanismo inconsciente que revive lembranças de fatos ocorridos no dia a dia, e são mais comuns quando ainda estamos no sono leve. Este tem pouca importância em nossa vida de sonho. O outro tipo de sonho exerce grande influência em nossas vidas.

Entenda que quando dormimos, apenas nosso corpo físico repousa, mas o espírito que é o fôlego da vida não dorme, uma vez que é eterno, pois o homem é um ser tricotômico (corpo, alma e espírito). Quando estamos acordados, as necessidades do corpo tomam toda a atenção e trabalhamos o dia todo para supri-las; mas quando em repouso, já o corpo não requer necessidades, e então o espírito pode se manifestar.

Dentro de cada um de nós há uma batalha um tanto covarde, onde a alma (consciência) e a carne (corpo físico) militam contra o espírito, e quando chamamos uma pessoa de “pobre de espírito” estamos dizendo que ela não o tem alimentado, e se o corpo precisa ser alimentado, com certeza o espírito também. Assim um espírito sadio pode com maior evidência se manifestar em cada um de nós. Lembre-se que Deus procura verdadeiros adoradores que o adore em espírito e em verdade (Jo 4:23).

Mas, ainda há de se levar em consideração que o espírito não possui aparelho fonador, então para que nós possamos entender que ele quer paz, ele pode nos mostrar em sonhos uma praia, mas se ele está atribulado, pode manifestar isso em outro tipo de sonho, e ainda nos avisar que corremos perigo, fazendo-nos sonhar com um acidente. Isso não é premonição, mas a comunicação interna de um ser tricotômico. Assim, ao acordarmos, nossa alma que é a consciência, começa a fazer julgamentos para que o corpo tenha livramento.

3) O que são os sonhos para a ciência?

O que vem a ser o sonho de acordo com Freud, o pai da psicanálise:

Foi em 1901, com a publicação de “A Interpretação dos Sonhos”, que Sigmund Freud deu um caráter científico à matéria. Naquele polêmico livro, Freud aproveita o que já havia sido publicado anteriormente e faz investidas completamente novas, definindo o conteúdo do sonho como “realização dos desejos”.

O que vem a ser o sonho aos olhos da psicologia

Os sonhos seriam uma demonstração da realidade do inconsciente. Sendo estudados corretamente pode-se descrever, ou melhor, conhecer o momento psicológico do indivíduo. Fazendo uma analogia, poderiamos pensar numa especie de "fotografia" do inconsciente naquele momento. Por isso, o sonho sempre demonstra aspectos da vida emocional. Os sonhos têm uma linguagem própria. Pensemos no seguinte exemplo: Ao ver duas pessoas estrangeiras que falam um idioma que não é do nosso conhecimento, nunca diriamos que elas não sabem falar. Na verdade, o problema é que não conhecemos aquela língua. O mesmo acontece com os sonhos. Sua linguagem são os símbolos. Para entender seus variados conteúdos, temos que estudar os símbolos.

A psicologia ainda afirma que podemos tirar proveito dos sonhos, analisando os sentimentos e sensações obtidos, pois, segundo ela, os sonhos ajudam a pessoa a entrar em contato com ela mesma. “Os conteúdos dos sonhos, as lembranças, podem trazer dicas para as pessoas”.

4) Sonhando acordado

Estudos divulgados constataram que o cérebro tira benefícios dos sonhos, sejam eles bons ou ruins. Segundo registro do povo judeu, acredita-se que o profeta Samuel tinha sonhos e quando seus sonhos eram ruins, ele dizia: “Os sonhos não são verdades”. Porém quando eram bons sonhos sua frase era: “Verdadeiramente os sonhos são verdades”.

Mas analisando a bíblia, chegamos à conclusão que quem realmente tira benefícios dos sonhos, não é só o cérebro, mas especialmente o corpo. Venha comigo e então conheceremos no contexto bíblico algumas das muitas pessoas que sonharam acordadas e que tiveram benefícios extraídos dos sonhos. É mesmo uma pena, pois se relatássemos todos, certamente esta mensagem teria muitas e muitas páginas. E através desses sonhos iremos aprender que sonhar vale a pena.

1 - Sonhar preserva a vida – O sonho de Josué e Calebe

Certo dia quando Deus ordena que Moisés envie doze homens para espiar a terra prometida e voltem e contem ao povo as maravilhas lá existentes e alguns obstáculos que também estavam lá, eles partem trazendo de volta grandes frutos, e entre eles um cacho de uvas que era carregado por dois homens. Entre os espias estavam dois homens que ao contrário dos demais tentaram animar o povo a subir e tomar a terra, seus nomes, Josué e Calebe.

Toda a geração de homens daqueles que foram espiar a terra morreram no deserto, exceto os dois, pois eles tinham um sonho, o de possuírem a promessa de Deus, a nova Canaã, uma terra que mana leite e mel, lugar de fartura.

Existe uma nova Canaã para você também, leitor, mas não desanime, sonhe o seu sonho acordado como fez Josué e Calebe. Agora veja o que a atitude de sonhar traz para sua vida.
                        

2 - Sonhar traz livramento – José e seus livramentos

Havia um jovem entre os filhos de Jacó, também conhecido como sonhador. Na verdade seus sonhos eram de um dia ser alguém importante, de ser alguém reconhecido por seus feitos; seu nome era José. Porém um dia seus irmãos planejaram matá-lo, mas quem sonha acordado não morre assim. Um dia seus irmãos venderam-no para uma caravana de Ismaelitas, para um rico chamado Potifar; mas, a esposa de Potifar ao tentar seduzir o homem justo e fiel, tentou não só a Deus, mas também a seu sonho. Ele vai para a prisão, e novamente recebe livramento. Saindo de lá vai interpretar o sonho do Faraó, e assim Deus o tira da prisão e o coloca como o segundo homem do Egito.

Comece a sonhar seus sonhos agora, não tenha medo de quão grandes eles sejam, pois há um Deus muito maior do que qualquer sonho que lhe dará livramento em qualquer hora de sua vida.

3 - Sonhar nos faz nobres – O sonho de Jabes em ser nobre

Entre os sonhadores da bíblia também há um homem chamado Jabes. Ele já virou até música, mas mesmo em uma passagem tão pequena no contexto bíblico ele nos deixou grandes lições, e uma delas é que o sonhar acordado enobrece o homem, pois veja bem, a história nos relata que sua mãe teve um parto cheio de dor, e com certeza sua gravidez também não foi fácil, então quando aquele menino nasce ela lhe dá um nome que foi um peso na vida dele, ela o chama de Jabes, que significa “Dor”, mas ele sonhava ser um homem respeitado e reconhecido na sociedade que vivia, ele sonha isso todos os dias, até que um dia ele se coloca na presença de Deus e faz uma oração muito simples, “Abençoa-me Senhor”. Isso nos mostra quem realmente pode nos abençoar. E ele se tornou o mais ilustre entre seus irmãos e ficou para a história.

Isso também pode acontecer com cada um de nós, pois a bíblia diz que fomos chamados para sermos cabeça e não cauda. Viva seus sonhos e assim desfrutará da nobreza que o Senhor tem para você.

4 - Sonhar traz a justiça de Deus – O sonho de Mardoqueu

Essa história é também fantástica, assim como todas as outras. Relata-nos as Sagradas Escrituras, que um homem chamado Mardoqueu que vivia na eira de Suzan, na Pérsia, tinha o sonho de ver sua prima, a qual ele mesmo criou, assentada no trono ao lado do rei Assuero. Quando conseguiu, viu um homem se levantar para matá-lo, pois este Mardoqueu salvou a vida do rei e passou a ser um querido amigo dele, mas Hamã não desistiria de tentar matar o sonhador.

Hamã chegou a construir uma forca nova só para matar Mardoqueu. É bem verdade que um sonhador incomoda os outros. Hamã trama seu plano, mas o que voga mesmo são os planos de Deus. A história continua e após o fracasso de Hamã em matar os judeus, o rei Assuero manda matar Hamã na forca que ele mesmo construiu.

Saiba que a justiça de Deus vai se manifestar em sua vida, seus inimigos podem esperar, mas não os odeie, a justiça de Deus vem a seu tempo, mas que ela vai chegar isso vai.

5 - Sonhar traz prosperidade – Davi sonhou construir a casa de Deus

Certo dia um homem nobre de coração sincero e também conhecido como “O homem segundo o coração de Deus”, estava em sua casa nova. Seu nome, rei David, tem um sonho acordado, de construir uma casa para Deus, a Arca Sagrada, que significava a Presença de Deus no meio do povo. Assim, para construir este local santo e magnífico ele precisaria de recursos e Deus o enriqueceu.

Agora veja que David era um simples pastor de ovelhas que nem suas eram, mas de seu pai Jessé, e que enquanto seus irmãos eram soldados do exército de Israel, ele era um rapaz que cheirava esterco. Mas o sonho que ardia em seu coração também era o sonho de Deus e no final de sua vida ele diz que de seu próprio tesouro ele daria para a construção da Casa de Deus, 130.000 Kilos de ouro, ou seja, 130 toneladas de ouro, e mais 280.000 Kilos de prata, ou seja, 280 toneladas de prata, tudo da melhor qualidade (I Crônicas, 29:1 a 5).

Viva e busque seus mais lindos sonhos, pois a busca racional de cada sonho te levará a uma vida próspera. Deus tem riquezas para cada um de nós, mas precisamos nos levantar e buscar realizar nossos sonhos.

6 - Sonhar traz presentes – O sonho de Ana era Samuel

Em se tratando de sonhos, temos no capítulo primeiro do livro do profeta Samuel uma das histórias mais lindas sobre o assunto. Ana tinha um sonho, o de ser mãe. Gerar um filho em seu ventre, que fosse de seu amado marido Elcana. Mas ao invés disso ela, era humilhada por sua rival, uma mulher chamada Penina. Todos os dias Ana chorava, pois Penina a insultava e além de tudo, tinha que ver os filhos de Penina correrem pela casa. Mas ela nunca deixou de sonhar com um filho, um filho que fosse realmente seu, um filho que fosse um presente de Deus.

Então Ana de tanto sonhar acordada, um dia entra no santuário e Deus fala com ela e no próximo ano ela vem trazendo em seus braços uma criança, um menino chamado Samuel, que traduzido é “presente de Deus”. Por isso eu lhes digo, sonhe, meu amigo sonhe, ainda há nas mãos de Deus infinitos presentes para todos nós.
        

7 - Sonhar realiza a vontade de Deus

Ninguém é maior sonhador do que o próprio Deus. Ele sem dúvidas, sempre nos surpreenderá com seus sonhos. Mas eu quero me referir a um sonho que Deus ousou sonhar lá no céu, quando a bíblia diz que ouve meia hora de silencio no céu, creio que foi nesse momento que Ele sonhou.

Após a queda de Lúcifer e seus seguidores, um silêncio tomou conta do céu e penso que antes de ser expulso de lá, Satanás disse para Deus que Ele nunca encontraria alguém que o adorasse em verdade, e se porventura encontrasse, esta adoração nunca seria igual a que ele realiza no céu.

Assim em meio ao silêncio Deus desce à terra e cria o homem. Mas Satanás faz com que esta criação de Deus peque e pensa ter frustrado o sonho de Deus. Satanás não sabia que Deus não queria somente Adão e Eva; seu sonho era infinitamente maior, e Deus toma a maior das atitudes em favor de seu sonho: ter um grandíssimo povo que o adorasse em espírito e em verdade e que estivesse ao seu lado por toda a eternidade.

Como o homem estava condenado, ou seja, como o sonho de Deus estava condenado a não se realizar, Ele envia a redenção para seu sonho, e tudo isso se resume em um simples versículo, veja: João 3.16
Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Jo. 3.16

Porque Deus SONHOU um grande sonho de ter uma grande nação que o adorasse em espírito e em verdade, e de tal maneira que Ele pagou um alto preço dando o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê, confia e entrega sua vida, não pereça, mas venha morar no céu junto com Ele eternamente, realizando assim o Seu sonho.

Amar é desejar, e desejar é sonhar, e Deus deseja que nós estejamos com Ele para sempre. 

“Sonhe, ouse sonhar, porque você nunca irá além de seus sonhos. Sonhe, ouse sonhar porque você só chegará até onde seu sonho te levar”. 
  

5) Conclusão

Faltaria me tempo para ainda discorrer sobre a mulher que sonhava com a cura de uma hemorragia a doze anos, ou um rico centurião que sonhava com a cura de seu servo, e o que dizer de Naamã, um general Sírio que sonhava com a cura da lepra, e mesmo a velha Débora, que com 90 anos sonha com a vitória de Israel, e ainda tantos outros que sonhavam e ainda sonham.

Vamos! Levantemos agora em busca dos sonhos perdidos e esquecidos, lembremos que temos um Deus que é um sonhador e que realiza sonhos de todos que nele confiar e esperar. Todos os sonhadores da bíblia tiveram uma coisa em comum. Primeiro sonharam os sonhos de Deus e depois colocaram seus próprios sonhos aos pés do Senhor que raliza sonhos. Saiba de uma coisa, todos os sonhos que não estão colocados aos pés do Senhor, está sujeito ao fracasso. Acredite.

    
Pr. Alexandre Augusto 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...