segunda-feira, 10 de junho de 2013

Vida abundante!




A meta popular de nossa geração é "a vida boa". Este sonho não é novo. Tem sido o desejo de cada era, de mestres e filósofos, de reis e de homens comuns. Mas para verdadeira vida boa, como para qualquer outra coisa boa, JESUS É O CAMINHO.

Jesus Corrige os Equívocos

A vida boa é resumida melhor, provavelmente, na palavra FELICIDADE. Entretanto, quando pensamos em vida boa, pensamos geralmente em prosperidade material, em prazer e em popularidade. É porque supomos que estas são as coisas que trazem felicidade. Jesus rejeita esta suposição.

"Tende cuidado e guardai-vos de toda e qualquer avareza; porque a vida de um homem não consiste na abundância dos bens que ele possui" (Lucas 12:15).

"Ai de vós, os que estais agora fartos! Porque vireis a ter fome. Ai de vós, que agora rides! Porque haveis de lamentar e chorar. Ai de vós, quando todos vos louvarem! Porque assim procederam seus pais com os falsos profetas" (Lucas 6:25-26).

As nossas próprias observações concordam que muitas pessoas ricas e famosas não são felizes. Apesar disso, continuamos a buscar estas coisas e, frequentemente, ficamos desapontados quando Jesus não as dá para nós. Se Jesus oferecesse estas coisas como o caminho para uma vida melhor, ele seria um fracasso.

Jesus Erradica o Problema

Deus deu ao homem uma vida boa, bem no princípio dos tempos. Mas o homem perdeu-a quando pecou. Com o pecado veio a culpa, o medo, a dor e a morte. O pecado ainda é o devastador.

"Porque de dentro, do coração dos homens, é que procedem os maus desígnios, a prostituição, os furtos, os homicídios, os adultérios, a avareza, as malícias, o dolo, a lascívia, a inveja, a blasfêmia, a soberba, a loucura. Ora, todos estes males vêm de dentro e contaminam o homem" (Marcos 7:21-23).

Não é verdade que muita infelicidade que temos conhecido está ligada justamente a pecados como estes? É somente abandonando o pecado que podemos ter esperança de encontrar a felicidade.

"Pois quem quer amar a vida e ver dias felizes refreie a língua do mal e evite que os seus lábios falem dolosamente; aparte-se do mal, pratique o que é bom, busque a paz e empenhe-se por alcançá-la" (1 Pedro 3:10-11).

Somente estudando a Lei de Cristo podemos reconhecer o pecado.

". . . o pecado é a transgressão da lei" (1 João 3:4).

Somente seguindo o perfeito exemplo de Jesus podemos evitar o pecado.

"Pois que também Cristo sofreu em vosso lugar, deixando-vos exemplo para seguirdes os seus passos, o qual não cometeu pecado, nem dolo algum se achou em sua boca" (1 Pedro 2:21-22).

Imagine uma vida sem culpa, sem medo, sem a ansiedade que sempre acompanha uma vida de pecado! Aqui, na verdade, está a paz que ultrapassa o entendimento.

Jesus nos Ensina a Procurar Novas Metas

A meta de um mundo infeliz é o tesouro material. Jesus diz:

"Não acumuleis para vós outros tesouros sobre a terra, onde a traça e a ferrugem corroem e onde ladrões escavam e roubam; mas ajuntai para vós outros tesouros no céu" (Mateus 6:19-20).

Os homens ficam ansiosos para receber, mas relutantes em dar.

"Mais bem-aventurado é dar que receber" (Atos 20:35).

Os homens consideram um símbolo da vida boa quando são servidos.

"Quem quiser tornar-se grande entre vós, será esse o que vos sirva . . . tal como o Filho do Homem, que não veio para ser servido, mas para servir" (Mateus 20:26,28).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...