sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Deus e a Família

“Deus está se preocupando com toda a sua família. De nada adiantará seus esforços se Ele não estiver no controle.”
Quantos acham fácil administrar problemas na família? Fazemos isso no trabalho, na escola, mas parace que na família tudo é mais difícil e complicado.
Sabemos que quando algo começa de forma correta tudo é mais fácil. É difícil voltar atrás quando as coisas já começam erradas. Que dizer de uma família que começa uma gravidez antes do casamento?
Você sabia que a família de Jesus começou assim? Maria se estava grávida antes de se casar com José. Era uma família que estava começando de uma forma normal na sociedade?
Sabia que José pensou em se separar de Maria antes mesmo do casamento? Ele pensou em fugir para não encarar Maria e seus amigos.
A família de Jesus já estava para ser destruída antes mesmo de começar. Segundo a lei, a mulher que estava grávida antes do casamento deveria ser apedrejada.
O nascimento de um filho, por exemplo, é algo que deve ser planejado. Hoje pensamos em um bom plano de saúde, no quarto e nas  roupas para o bebê, a mulher deve guardar resguardo de 40 dias, entre outras coisas.
E como foi com Jesus? Maria deu à luz em um estábulo, não havia roupas, berço ou quarto. Nada era esterilizado. E mais, eles logo após o parto fugiram para outro país debaixo do sol forte.
Percebemos que a família de Jesus começou em meio a lutas. E elas não pararam por aí, dizem os historiadores que José morreu e Jesus teve que assumir a carpintaria e cuidar de seus irmãos.
Mateus 1:1-25 conta a história. O filho de Maria havia sido gerado pelo Espírito - algo que nunca ocorrera antes - e ela não era casada. José, não querendo ser humilhado, planejava fugir, mas um anjo falou com ele num sonho que preservou aquela família.
Quantos de nós já não pensamos como seria se estivéssemos sozinhos, sem contas e louças para lavar. José começou a ponderar as coisas pelas quais iria passar e pensou em desistir, mas Deus falou: “José, não fuja, quero fazer da tua família uma bênção.”
E diz a Bíblia que José não teve nenhum relacionamento físico com Maria até Jesus nascer. Algumas pessoas dizem que Maria sempre foi virgem, mas ela teve outros filhos depois de Jesus.
Lucas 1:26-38 conta a história da aparição do anjo Gabriel a Maria, e deste trecho quero salientar três aspectos. O primeiro é que Maria teve medo (vs.30). Muitas vezes temos medo.
Quando nossos filhos começam a namorar temos que orar muito. Maria havia sido ensinada que as coisas deveriam acontecer da forma correta, mas Deus estava mudando os planos dela. Temos que orar por nossos filhos, mas não devemos ter medo.
O segundo aspecto é que o anjo revela para Maria os planos de Deus para aquela família. É importante recebermos revelações de Deus para nossa família. É bom podermos dizer: “Deus, faça a tua vontade na vida dos meus filhos.”
Finalmente Maria diz: “Eis aqui a tua serva, cumpra-se em mim segundo a tua palavra” (vs.38). O terceiro aspecto é entregarmos nossa vontade nas mãos de Deus.
Lucas 2:1-20 relata o nascimento de Jesus e todas as dificuldades que Maria e José passaram. O mundo não estava preparado para a vinda de Jesus, mas os céus estavam. Deus estava no controle da situação e hoje Ele está no controle das nossas vidas.
Mateu 2:8-13 conta como os os magos encontraram o menino Jesus guiados pela estrela e como Deus preserva a vida de Jesus avisando os magos e a José sobre os planos de Herodes.
Na história de Jesus vemos a preocupação de Deus para com todos os membros da família. E hoje Deus está se preocupando com toda a sua família. De nada adianta nossos esforços se Ele não estiver no controle.
A família de Jesus passou por lutas, não foi fácil para eles, mas o Senhor cuidou deles. E ele quer cuidar da tua família, você só precisa entregá-la nas mãos Dele.

Pr. Renato Cajeron

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...