quarta-feira, 20 de julho de 2011

As Três Dimensões da Santidade na Vida do Crente

Sereis santos, porque eu sou santo  Lv 11.44 .
 1- Introdução
Deus é arbitrário em exigir santidade de nós. Por isso a ordem "Sede santos". A Bíblia diz na Epístola aos Hebreus 12.14: "Segui a paz com todos e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor". SEM A SANTIDADE NÃO PODEMOS TER UMA COMUNHÃO MAIS PROFUNDA COM DEUS
 Para entendermos a palavra santo temos que observar uma distinção entre a Santidade de Deus e a santidade humana.
 Quando a Bíblia diz que Deus é Santo, está falando de uma santidade ABSOLUTA. A palavra Santo, no sentido absoluto,  diz respeito a Deus, significa que Ele é diferente de nós e é absolutamente puro. Ele é Único, por isso é absoluto.
 Quando Deus exige que sejamos santos, Ele está falando de uma santidade RELATIVA. A santidade do homem é diferente da Santidade de Deus pelo fato de que somos pecadores, por isso precisamos  viver uma vida de santificação diária. Contudo, não somos perfeitos como Deus, e com certeza não somos puros, pois somos pecadores.  Entãocomo a Bíblia nos chama de santos?
 Para responder essa questão, devemos perceber que no A.T., quando Deus tirou os israelitas da escravidão do Egito, do opressor, e tornou-os uma nação especial, Ele os separou. Chamou-os de povo escolhido e deu-lhes uma ordem especial:  Lv 11.44  Sereis santos, porque eu sou santo".
 OS SANTOS DAS ESCRITURAS ERAM ASSIM CHAMADOS NÃO POR JÁ SEREM PUROS, MAS PORQUE ERAM SEPARADOS E CHAMADOS PARA A PUREZA. Somos considerados santos porque fomos consagrados a Deus, fomos separados e chamados para viver de forma diferente. A vida cristã é caracterizada pela inconformidade. Essa idéia é expressa na carta de Paulo aos Romanos 12.1,2 : “Rogo-vos, pois, irmãos, pelas misericórdias de Deus, que apresenteis o vosso corpo por sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus”.
 Esse chamado, não começou com Moisés, nem com Abraão, quem recebeu a primeira convocação à santidade foram Adão e Eva. Essa era a tarefa original da raça humana, fomos feito à imagem de Deus, para refletir o seu caráter em nós. Por isso, a vida de todo cristão salvo em Jesus, deve ter a finalidade de refletir a santidade de Deus em todas as áreas de nossa vida.
 2- Desenvolvimento
 Vamos compartilhar sobre três dimensões da santidade na vida do crente:
 ** 2.1- Primeira dimensão da santidade    -   A nossa vida pessoal
"...não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo..." (1Co 6.19)
Gosto muito dessa palavra de Deus. Ela nos mostra que uma maiores obras de Deus é realizada pelo Espírito Santo dentro de nós. Quando a Bíblia diz que somos o santuário do Espírito Santo, em outras palavras, Deus está nos dizendo: "Olha meu filho, eu comprei vocês através do sangue de Cristo e agora o meu Espírito é o proprietário da vida de vocês". Amados, DEUS É O PROPRIETÁRIO DE NOSSAS VIDAS. Quando ele nos comprou pelo sangue de Jesus, Ele tornou-se o nosso proprietário.
 * O ESPÍRITO SANTO É O NOSSO PROPRIETÁRIO, E POR ISSO ELE SEMPRE ESTÁ MOTIVADO A FAZER MUDANÇAS E REFORMAS EM NOSSA VIDA.
 Quando o Espírito Santo nos compra e vem morar em nós ele encontra em sua nova casa o pecado. O pecado é como se fosse o lixo. Em toda casa tem lixo, tem papel velho, restos de comida, poeira, buginganga. Todo lixo dentro de uma casa precisa ser jogado fora. QUANDO O ESPÍRITO SANTO VEM MORAR DENTRO DE NÓS, ELE QUER TIRAR TODO O LIXO CARNAL QUE ESTÁ DENTRO DA NOSSA MENTE, DO NOSSO CORPO E SENTIMENTOS. Esse trabalho do Espírito Santo é chamado de santificação.
 LUSTRAÇÃO: Imagine que Jesus viesse fazer uma visita a sua casa. De repente, Ele chega na porta e pede pra entrar. Você diz:
  Oi Jesus, pode entrar na minha sala.
Mas imagine que Jesus dissesse:

 Minha FILHA, (ou meu FILHO) deixa eu conhecer a tua casa? Comecemos pela cozinha.
Você talvez ficaria envergonhado se sua cozinha estivesse bagunçada, pois certamente você desejaria causar uma boa impressão a Jesus.
Imaginemos que Jesus dissesse:
 - Meu filho, deixa eu ver teu quarto?.
Acho que você correria rápido até o quarto, ajeitaria os sapatos e roupas espalhadas, para produzir uma boa impressão a Jesus.
 Se Jesus quizesse conhecer toda a tua casa, acredito que você não poderia impedir. Afinal, Jesus é Deus. Ele tem poder de conhecer todas as coisas que acontecem conosco.
 Mas, em toda casa tem aquele quartinho, que eu chamo de "quarto da bagunça, da bagulhada". Alí nós guardamos tudo que é indesejável, objetos velhos e inúteis ou coisas que não queremos que as pessoas vejam.
Imagine que Jesus dissesse:
  Filho, deixa eu ver o teu quarto da bagunça, da bagulhada?".
Você certamente diria: "Jesus, este quarto não.
  Por favor, tudo menos este quarto".
Jesus insistiria:
  Filho, eu também quero ver este quarto".
 MORAL: Lá dentro de nós, existe também esse quartinho da bagunça e do entulho. E lá que guardamos alguns pecadinhos que ninguém vê, vícios com os quais estamos acostumados. É LÁ NESTE QUARTINHO DA BAGUNÇA, DO ENTULHO QUE JESUS QUER TAMBÉM ENTRAR PARA FAZER UMA LIMPEZA.
 * 2.2- A segunda dimensão da santidade  -  A IGREJA
"..tira as sandálias dos pés, porque o lugar em que estás é terra santa." (Ex 3:5)
 Moisés estava num lugar santo e não sabia disso. Ele havia entrado naquele lugar de forma inadequada DE QUALQUER MANEIRA. Por isso, veio a palavra de Deus: "Tira as sandálias dos pés". Não podemos estar num lugar santo de forma inadequada. 
 A Igreja é um lugar santo, e muitas vezes estamos ali de forma inadequada. Muitas vezes,  perdemos a visão de que Deus se revela na Igreja naquele momento do culto. Muitas vezes estamos na Igreja com o corpo presente e o espírito ausente. Portanto, meus irmãos, na presença de Deus não podemos estar de forma imprópria.
 Quando Moisés entendeu isso, ele logo atendeu a voz de Deus, tirou as sandálias do pés e foi dominado por um forte sentimento de temor.
 SE A IGREJA É UM LUGAR SANTO, NOSSAS ATITUDES NAQUELE LUGAR DEVEM SER ATITUDES SANTAS. Não combina com este lugar santo, um cristão ser irreverente, se levantar no momento do culto para conversar, conversar coisas impróprias,  etc...
 A palavra de Deus para você é "TIRA AS SANDÁLIAS DE TEUS PÉS".
irmão, tire de sua vida tudo que está impedindo que você entre na presença de Deus plenamente. Tire a irreverência, tire a distração, a fofoca. Fixe seus olhos em Cristo, no momento do culto e entenda que Deus esta presente e deseja falar ao seu coração!!!
 ** 2.3- A terceira dimensão   -   OS RELACIONAMENTOS
"...Ao que Deus purificou, não faças tu impuro..." (Atos 10.15)
 Pedro era um apóstolo dedicado a Cristo, porém ele tinha muitos preconceitos. É interessante que certo dia, Deus dá uma visão a Pedro. Naquela visão, Pedro vê alimentos que ele considerava impuros pelas suas tradições. Deus diz a Pedro que ele coma dos alimentos que apareciam naquela visão. Pedro questiona Deus, dizendo que aqueles alimentos eram impuros. Deus então repreende Pedro dizendo: "Não faças impuro ao que Deus purificou".
Pedro tinha muitos preconceitos, que o impediam de amar os gentios, as pessoas estrangeiras que não tinham Deus. Muitas vezes os nossos preconceitos podem prejudicar irmãos e nos afastar da comunhão com Deus e com a Igreja. Como é fácil para muitos de nós julgar precipitadamente um irmão, com base em preconceitos, e nos afastarmos da comunhão!
 ILUSTRAÇÃO: Esta é uma história sobre um soldado que finalmente estava voltando para casa, depois de ter lutado no Vietnã, ele ligou para seus pais em São Francisco:
 - Mãe, pai, estou voltando para casa, mas antes quero pedir um favor a vocês. Tenho um amigo que eu gostaria de trazer junto comigo.
- Claro, eles responderam, nós adoraríamos conhecê-lo.
- Há algo que vocês precisam saber antes, continuou o filho. Ele foi terrivelmente ferido em uma luta, ele pisou em uma mina e perdeu um braço e uma perna. O pior é que ele não tem nenhum lugar para morar.
- Nossa!!! Sinto muito em ouvir isso filho, talvez possamos ajudá-lo a encontrar algum lugar para morar.
- Não mãe, eu quero que ele venha morar conosco.
- Filho, disse o pai, você não sabe o que está pedindo! Você tem noção da gravidade do problema?
A mãe concordando com o marido reforçou:
- Alguém com tanta dificuldade seria um fardo para a gente. Nós temos nossas próprias vidas e não queremos uma coisa como essa interfira em nosso modo de viver. Acho que você poderia voltar para casa e esquecer este rapaz, ele encontrará uma maneira de viver por si mesmo.
Nesse momento o filho bateu o telefone, os pais não ouviram mais nenhuma palavra dele. Alguns dias depois, os pais receberam um telefonema da polícia de São Francisco, informando que o filho deles havia morrido depois de ter caído de um prédio, a polícia acreditava em suicídio. Os pais angustiados voaram para a cidade que o filho se encontrava e foram levados para o necrotério para identificar o corpo do filho. Eles o reconheceram e para seu terror, descobriram algo que desconheciam. "O filho deles tinha apenas um braço e uma perna".
MORAL: Os pais nessa história são como nós, achamos fácil amar aqueles que são perfeitos fisicamente, bonitos e divertidos pessoas que tem algo para nos dar seja material ou espiritual, mas não gostamos das pessoas que nos incomodam ou nos fazem sentir desconfortáveis.
Hoje, façamos uma oração a Deus para que nos dê forças que precisamos para aceitar as pessoas como elas são e ajudar a compreender aqueles que são diferentes de nós.
Há algum milagre chamado "amizade" que mora em nossos corações, mas você não sabe como ele acontece ou surge, mas esse sentimento aflora e você percebe que a amizade é o presente mais precioso de Deus. Hoje do seu lado pode ter alguém que você apenas cumprimente e essa pessoa pode estar querendo receber sua oração, sua atenção, lhe contar a sua vida, seus sonhos, seus deslizes ou simplesmente suas qualidades e defeitos. Vá até essa pessoa e bata um papo com ele, talvez nessa conversa você ganhe um novo amigo...
Deuteronômio 10.17 diz: "Pois o SENHOR, vosso Deus, é o Deus dos deuses e o Senhor dos senhores, o Deus grande, poderoso e temível, que não faz acepção de pessoas, nem aceita suborno".
3- Conclusão
Deus está nos chamando para uma vida de santidade. Ele quer que cada de nós se revista do Espírito Santo. Lembre-se do que diz  2Coríntios 7.1: "Tendo, pois, ó amados, tais promessas, purifiquemo-nos de toda impureza, tanto da carne como do espírito, aperfeiçoando a nossa santidade no temor de Deus."
ILUSTRAÇÃO: Um arauto real rodou pelas ruas da aldeia, proclamando sua urgente mensagem: "Vem o rei! O rei virá amanhã a vossa aldeia. Preparai vossas casas, pois ele almoçará com um de vós quando chegar".
Grande foi a atividade que se seguiu. Varria-se aqui, esfregava-se ali, lavava-se acolá, removia-se o pó, podavam-se as árvores, limpava-se o quintal, punha-se aqui e ali um adorno — e assim se passaram todo o dia e parte da noite.
Certo homem, no entanto, não se uniu aos preparativos exteriores. "Melhor que isto é eu limpar meu coração", disse ele simplesmente. "Cuidarei de que tudo esteja direito entre mim e meus semelhantes. Esta será a melhor maneira de me preparar para me encontrar com o rei."
Segundo conta a história, o rei preferiu almoçar numa casa humilde, cujo único ornamento era uma rosa branca no parapeito da janela; e seu morador, um homem que não se preocupou com tantos preparativos.
"Receio que os outros tenham procurado encobrir injustiça e maus sentimentos", justificou o rei, "mas este homem embelezou o coração. Almoçarei com ele."
MORAL: A santificação é uma ação do Espírito Santo que embeleza a alma de um pecador e reflete-se nas atitudes exteriores. "Santificai-vos, porque amanhã o SENHOR fará maravilhas no meio de vós." (Josué 3.5).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...