segunda-feira, 15 de novembro de 2010

As Qualidades da Palavra de Deus

O texto Hb.4,13, refere-se à Palavra de Deus encarnada como inspirada e registrada nas sagradas escrituras do antigo e do novo Testamentos. Refere-se, de um modo mais geral, a toda e qualquer manifestação da vontade de Deus entre os homens – Cristo e Sua Palavra andam juntos – o que é verdade de Cristo, afirma-se aqui neste livro, dEle e de Sua Palavra ou ensinos.
Por isso o conselho de Jesus aos Judeus de seu tempo e a nós “Examinai as escrituras, porque são elas que dão testemunho de mim”. Ou ainda quando declarou aos principais sacerdotes a razão de cometerem tantos erros “Errais não conhecendo as escrituras e nem o poder de Deus”. Para se conhecer as qualidades da Palavra de Deus é necessário que a examinemos com todo interesse. Mas infelizmente muitas pessoas que a carregam na mão a examinam mal; e outros sequer a examinam.
Queremos aproveitar esses momentos de culto e reflexão para conhecer um pouco mais sobre as qualidades da Palavra de Deus.
I- A Palavra de Deus é Viva.
A Bíblia não é apenas um livro; é uma coleção de livros – 66 maravilhosos livros. Mas o mais importante é que a Bíblia é um livro VIVO cuja vida é:
a)- Abundante: “Eu vim para que tenham vida e a tenham com abundancia” João 10:10. Lendo-se qualquer livro, sente-se algo de poder que ele transmite, porém, esta vida não se compara com a indescritível vitalidade, unção e força, que nos é transmitida pela Palavra de Deus. É algo sobre humano, que fala, que persuade, que inspira, que conquista nossos corações. A Bíblia é o Livro dos livros, o Livro por excelência – arquivo sagrado das relíquias da vida espiritual, que tem enriquecido de tesouros celestiais as vidas mais preciosas do mundo.
b)- Incorruptível: “Porque vocês têm uma nova vida. Ela não foi transmitida a vocês pelos seus pais, pois a vida que eles lhes deram se desvanecerá. Esta vida nova durará para sempre, pois provém de Cristo, a mensagem sempre vida de Deus aos homens” I Pedro 1:23. A palavra de Deus move, comove e desperta a consciência do mais rebelde pecador. Semelhante a Luz do sol em pleno meio dia, que espanca as trevas, assim é a palavra de Deus na vida do homem, dissipa as mais densas trevas do pecado.
c)- Eterna. “Toda a carne é como a erva e toda a sua gloria como a flor da erva; seca-se a erva e cai a sua flor, mas a palavra de Deus permanece eternamente” I Pedro 1:24, 25. “Passará os céus e a terra, mas as minhas palavras jamais passarão”. A Palavra de Deus tem uma vida que não envelhece. Qualquer sistema humana, por mais vigoroso que seja, pode envelhecer e perder toda vitalidade, porém, a Palavra de Deus é sempre a mesma, sempre nova. No antigo testamento temos os mais velhos e ao mesmo tempo os mais novos livros do mundo.
II- A Palavra de Deus é Poderosa.
“Porque Deus está operando em vocês, ajudando-os a desejar obedecer-lhe, e depois ajudando-os a fazer aquilo que Ele quer” Fil. 2:13. “Assim é a minha Palavra. Quando Eu falo, Ela sempre produz o fruto que Eu desejo, sempre traz o resultado que determinei” Is. 55:11. A Palavra de Deus é eficiente, poderosa, enérgica e serve para todos os fins sagrados – converter o homem do pecado, convencê-lo e confortá-lo.
Mas a Palavra é poderosa para demolir todas as fortalezas do mal. “Uso as poderosas armas de Deus – e não as que são feitas por homens – para derrubar as fortalezas do diabo. Estas armas podem derrubar todo argumento arrogante contra Deus e toda muralha que possa ser erguida para impedir os homens de encontrá-LO. II Cor. 10:4,5. Esta Palavra é poderosa para derrubar o reino de satanás e estabelecer o reino de Cristo. É mais penetrante do que qualquer espada de dois gumes. É a espada do Espírito. É a espada de dois gumes que saia da boca de Jesus na visão apocaliptica. Apc. 1:16; Is. 49:2. A Palavra de Deus é viva em cada parte, apta para cortar a consciência e ferir o coração. Ela entra onde nenhuma outra pode entrar e faz a mais profunda dissecação: “penetra até a divisão da alma e do espírito” Isto é: Ela tira a aspereza da alma e tira o espírito orgulhoso e o faz humilde, dócil e obediente. Os hábitos pecaminosos que se tornaram naturais na alma e que se enraizaram na alma – são separados e extirpados por esta espada. Ela tira a ignorância do entendimento, a rebelião da vontade e inimizade da mente que, sendo carnal, é inimizade contra Deus.
Esta espada “penetra até a divisão das juntas e medulas”, isto é, as partes mais secretas, mais ocultas e mais íntimas. É, por fim, a maravilhosa revelação e penetração de Deus ao mais recôndito do coração do homem. Esta Palavra pode tirar as concupiscências da carne e da mente, e impulsiona os melhores desejos dos homens para a mortificação do pecado.
Esta palavra é capaz de “julgar e discernir os pensamentos e disposições do coração”. Como a palavra de Deus atinge a “medula” da humanidade, ela revela os mais secretos e remotos pensamentos e desígnios e pode julgar sabiamente todos eles. Ela descobre perante os homens a variedade dos seus pensamentos e intenções.
III- Precisamos valorizar esta Palavra.
Pois na Bíblia está nossa autoridade. “A fé vem pelo ouvir e o ouvir a Palavra”. Nela está a promessa de felicidade e sucesso. “Bem aventurado o homem que tem o seu prazer na lei do Senhor e na sua Palavra medita de dia e de noite”. Salmo 1º . “Cuidado para não te desviares, nem para a direita e nem para a esquerda…. então serás bem sucedido em tudo quanto fizeres” Josué 1.
Precisamos ter a máxima reverencia a Palavra de Deus, pois ela é um grande auxilio para a fé e para a obediência.
Cientes de nossos males, mortos em nossos delitos e pecados, procuremos na Palavra de Deus, com oração, o remédio da vida eterna, a medicina da virtude eterna, pois a palavra de Deus é viva.
Quando nos sentimos fracos em nossos deveres para com Deus e para com os homens, busquemos na Palavra de Deus, nos ensinos de Cristo e na direção do Espírito santo, o poder de que carecemos diariamente para vencermos o maligno e cumprirmos os nossos deveres.
Desde que a Palavra de Deus é a única fonte perfeita de conhecimento de Deus, que penetra no mais profundo de nosso ser e é a única capaz de discernir os pensamentos e intenções do coração, se quisermos ouvir a voz de Deus, conhecer o nosso estado moral e aplicar o remédio infalível para os nossos grandes males espirituais – precisamos nos olhar através desta palavra que é espelho.
“Bem aventurados os que ouvem a palavra de Deus e a observam”, disse Jesus. E compara o que ouve a palavra de Deus e obedece a um homem prudente, que edifica sua casa sobre a rocha. Lc. 8:21; 6:47 e 11:28.
O salmista disse: “A tua palavra tenho guardado em meu coração para não pecar contra Ti”. Ponhamos em prática os ensinamentos desta palavra, pois apesar de ser muito poderosa, todavia, ela só faz bem a quem a pratica. Mas é comparada ao medicamento, que só faz bem ao doente que a usa. Pratiquemos pois, os seus ensinos! Pois todos seremos julgados mediante a palavra. “Quem ouve a minha palavra e a rejeita, já tem quem o julgue: a palavra que eu tenho falado, o julgará”.
Tudo que acabamos de ouvir, deve nos inspirar e nos levar a apropriação de seus ensinos para tratar nossa natureza corrompida e pecaminosa, pois ela é lâmpada para os nossos pés e luz para o nosso caminho. Vivamos em harmonia com a palavra eterna que é o segredo perpétuo de nossa felicidade presente e da salvação eterna.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...