sábado, 1 de maio de 2010

"Nem uma unha ficará". (Ex. 10:26)

2. Nosso texto é verdadeiro tanto para a Igreja como um todo quanto para o homem como um todo. Não creio no ensino que todos serão salvos. Creio que há valor infinito no sangue de Cristo. Todavia creio também que o propósito da morte de Cristo deve ser cumprido. Não posso crer que Cristo ficará desapontado. Creio que todos aqueles a quem Ele veio salvar serão certamente salvos. Todos aqueles que Seu Pai Lhe deu virão a Ele. Todas as pessoas que foram escolhidas em Cristo antes da fundação do mundo serão ressurretas no último dia. Todos os membros do "corpo de Cristo" serão um com Ele na ressurreição. Algumas pessoas crêem que pode haver um Cristo desapontado. Elas crêem que a morte de Cristo foi parcialmente em vão porque nem todos serão salvos. Não posso crer nisso. "Nem uma unha" de todos que Ele adquiriu será deixada para trás.
Posso ver um número incontável de pessoas que Jesus comprou com Seu próprio sangue. O dia virá quando, na qualidade de grande Pastor, Ele andará na frente do Seu povo. Nem um sequer do Seu povo estará ausente. Acaso alguém poderia não estar lá? Poderia ser um filho sofredor de Deus, que estivesse em agonia por muito tempo? Poderia ser um velho discípulo que sofreu muito na medida em que se aproximava do céu? O amor de Cristo não deixará para trás nenhum do Seu povo sofrido. Quem poderia ser deixado para trás? Ele deixará os fortes para trás? Eles não eram fortes em si mesmos. Tomaram-se fortes em Cristo; então como podem perecer? Pode Deus fortalecer Seu povo um dia e deixá-lo perecer no dia seguinte, sem esperança? Deus é imutável. Ele não pode deixar Seu povo morrer. Manterá os fortes e estes entrarão para a vida. Podem os fracos perecerem? O poder de Deus não pode permitir que isso aconteça. Se fosse assim, Satanás diria que Deus guardou os fortes, porém não pôde guardar os fracos. Isso jamais pode ocorrer. Todos os santos fracos serão levados ao céu. "Nem uma unha ficará".
Alguém pode dizer que os errados, aqueles que se desviaram de Deus, serão deixados para trás. Isso não pode ser verdadeiro, pois de vez em quando todo o povo de Deus se desvia dEle. Salvação provém da graça de Deus, não das nossas obras. Até os que cometem mais erros do que os outros têm que ser trazidos de volta e perdoados por causa da graça de Deus. Todo o povo de Deus será salvo pela Sua graça gratuita. Nenhum será deixado para trás.
3. A terceira observação que quero fazer é que tudo aquilo que Adão perdeu, Cristo conquistará de volta. Tudo o que o povo de Cristo perdeu por causa do pecado de Adão, Cristo lhe restituirá.
Quais são algumas das coisas preciosas que o povo de Deus perdeu em Adão?
(I). O homem foi criado à imagem de Deus. Deus disse: "Façamos o homem à nossa imagem" (Gen. 1:26). Visto que Adão foi desobediente a Deus, ele tornou-se um pecador. Somos também pecadores e perdemos aquela semelhança com Deus. Seremos semelhantes a Deus novamente. Seremos como Adão antes que tivesse pecado.
(II). Perdemos o favor de Deus. Ele amava Adão. Entretanto, Adão pecou, e por isso Deus não podia continuar amando um homem que se rebelou contra Ele. Cristo restaurou-nos ao favor de Deus. Novamente Deus pode agradar-Se de Seu povo. A nós nos foi dado de volta os dois privilégios divinos — a semelhança e o favor de Deus. Adão também desfrutava comunhão com Deus. "E ouviram a voz do Senhor Deus, que passeava no jardim pela viração do dia" (Gen. 3:8). O pecado e Satanás nos roubaram a comunhão com Deus. Cristo restaurou esta comunhão para nós.
Cristo irá recuperar para Seu povo a semelhança de Deus, o favor de Deus e a comunhão com Deus. Tudo isto foi roubado do povo de Deus por Satanás. No final, os redimidos terão mais do que Adão tinha. Deus amou Adão por consideração a ele. Deus nos amou por consideração a Cristo. Isto é melhor do que amar um homem por consideração a ele. Deus ama Seu povo todo com o mesmo amor infinito com que ama a Cristo. Esta é a nossa herança perdida que Cristo nos restaurou. (continua)

Charles H. Spurgeon

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...