terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Manjedoura e Cruz

Então é Natal! Diz a canção que vem à nossa memória nessa época do ano. Época de festividades, de alegria, de confraternização, época de lembrar do nascimento de Jesus. E isso é muito bom. Ainda bem que comemoramos o Natal.
Muitos de nós entendem que o Natal não deve ser comemorado. “É festa pagã travestida de Cristianismo” dizem alguns. Outros dizem que é imposição do imperador romano. Alguns enxergam o nascimento de Jesus com olhos comerciais: “É hora do comércio faturar”. Outros, com o viés da comunhão familiar, dizendo: “Natal é época de reunir a família”. Cada um de nós tem uma percepção sobre o Natal.
Contudo eu queria propor uma percepção do Natal sob a ótica da cruz. Jesus nasceu, viveu e morreu sob a perspectiva da Cruz. O evangelista Mateus disse assim sobre o nascimento do nosso Senhor:
“Ora, o nascimento de Jesus Cristo foi assim: Que estando Maria, sua mãe, desposada com José, antes de se ajuntarem, achou-se ter concebido do Espírito Santo. Então José, seu marido, como era justo, e a não queria infamar, intentou deixá-la secretamente. E, projetando ele isto, eis que em sonho lhe apareceu um anjo do Senhor, dizendo: José, filho de Davi, não temas receber a Maria, tua mulher, porque o que nela está gerado é do Espírito Santo; E dará à luz um filho e chamarás o seu nome JESUS; porque ele salvará o seu povo dos seus pecados.”
Mateus 1:18-21
Então, neste momento onde em “nome do nascimento de Jesus” nos confraternizamos, ganhamos dinheiro, comemos, nos divertimos, mas nos esquecemos de algo mais importante que o nascimento de Jesus. O propósito pelo qual Jesus nasceu.
Mais importante do que o nascimento de Jesus é o motivo pelo qual Jesus nasceu. Jesus nasceu sob a perspectiva da cruz, Jesus nasceu para salvar o seu povo de seus pecados, e o povo de Jesus somos nós, a sua igreja.
Vemos no nascimento de Jesus uma característica que falta na igreja hodierna, Jesus nasceu com um propósito, o propósito do serviço. Jesus era o líder que servia, o Deus que servia, o amigo que servia, a vida de Jesus era o serviço, Jesus nasceu com o propósito de servir a humanidade no maior serviço possível, o de entregar a sua própria vida.
Na lógica paradoxal do Reino de Deus, Jesus nasce para morrer, a fim de que nós que estamos mortos, possamos pela sua morte, nascer no Reino de Deus e desfrutar da sua vida em nós. O apóstolo Paulo nos ensina isso quando ensinou aos irmãos da igreja de Éfeso:
“Mas Deus, que é rico em misericórdia, impulsionado pelo grande amor com que nos amou, quando estávamos mortos em consequência de nossos pecados, deu-nos a vida juntamente com Cristo – é por graça que fostes salvos! – juntamente com ele nos ressuscitou e nos fez assentar nos céus, com Cristo Jesus.”
Efésios 2:4-6
O serviço de Jesus, ao morrer por nós, deveria nos levar a morrer pelos outros. Afinal, o próprio Apóstolo Paulo ensina em Fp.2: “tende em vós o mesmo sentimento que houve em Cristo Jesus”O sentimento que havia em Jesus era o sentimento de entender que a nossa vida sem servir ao outro, não vale a pena ser vivida.
Se o Jesus histórico nasceu para morrer, e toda a sua vida foi para este fim, o Jesus que nasceu em nós na nossa conversão, e nos fez seus seguidores, nos ensina que devemos morrer para nós mesmos, e em Jesus, possibilitar que outros tenham a vida de Deus que há em nós.
Neste Natal, o meu desejo é que em nosso coração, haja o mesmo sentimento que houve em Cristo Jesus. Que a mesma disposição de nascer para morrer em favor do outro, esteja no nosso coração, que o entendimento de que se eu nasci, o propósito deste nascimento é abençoar a vida de outras pessoas.
Que a nossa percepção do Natal, não seja uma percepção comercial, familiar ou social, mas que a nossa percepção do Natal, seja um natal sob a ótica da Cruz. Nascer para morrer, para que outros que mortos estão, possam viver através de nossa morte.
Feliz Natal. Que o aniversariante nos abençoe. 
Pastor Andre Oliveira
Terceira Igreja Batista em Anchieta

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...