sábado, 7 de maio de 2016

Não Falem Mal da Igreja

A igreja é feita de pessoas, e pessoas falham. Isso ninguém discute. Porém a nossa reação com as pessoas que falham sempre foi alvo de atenção especial, pois como cristãos, devemos saber perdoar e ajudar o próximo, ao invés de julgá-lo e expô-lo.

Porém, com o advento das redes sociais, e a irresistível publicidade que nossas palavras adquirem, essa questão parece ter se tornado banalizada. Junte isso a uma pseudo anonimidade (a pessoa pode nunca ficar sabendo do que foi falado contra ela) e o quadro está completo.

Tenho notado isso como uma verdadeira doença entre alguns cristãos: eles se ocupam mais em falar mal dos outros e expor seus erros do que em edificar os seus amigos, e trazê-los para Cristo.

Canais do YouTube que fazem chacota de igrejas e pastores, irmãos que vivem denegrindo atitudes da igreja moderna, e aquele pastor famoso que deu uma declaração absurda em rede nacional.

A questão nunca foi se eles estão certos ou não, se eles estão sendo anti-bíblicos ou não. Sabemos que muitas vezes eles estão. Mas se no seu perfil do Facebook você gasta mais palavras para criticar outros irmãos e a igreja, na verdade há algo muito errado com você.

Na Bíblia há pelo menos 5 motivos que mostram por que isso é errado:

1. Cristo nos perdoou, por isso precisamos perdoar também aos que erram;

Antes sede uns para com os outros benignos, misericordiosos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo. Efésios 4:32

Um dos maiores ensinamentos de Cristo foi que, da mesma maneira que ele perdoou nossos pecados, também devemos perdoar os do próximo. Essa é a maior prova da regeneração de alguém. Mesmo pessoas nascidas de novo pecam, e por isso são tão necessitadas de graça quanto antes.

Se alguém acusa um irmão, significa que ela não está dando valor àquilo que Deus fez na vida dela mesma, perdoando-a. Como se você mesmo não tivesse suas falhas.

2. O impacto das suas palavras pode esfriar a fé de alguém, ou impedir que alguém chegue à fé

Mas, qualquer que escandalizar um destes pequeninos, que creem em mim, melhor lhe fora que se lhe pendurasse ao pescoço uma mó de azenha, e se submergisse na profundeza do mar. Mateus 18:6

O que poderia pensar alguém que é novo na fé, ao ver sendo expostas um mundo de barbárie acontecendo dentro da igreja? Isso não é um ambiente saudável para se crescer.

Da mesma forma, o que pensa um não-cristão, ao ver aos problemas e falhas da igreja, características que nem fazem parte da sua identidade? Ele vai achar nisso mais motivos para ficar longe de Cristo.

A palavra usada para isso nesse versículo é “escandalizar”, do grego σκανδαλιζο (skandalizo), que significa literalmente colocar um bloco no caminho de alguém, no qual ela pode tropeçar e cair. Em linguagem figurada, significa ofender, levar ao pecado, ou causar com que alguém caia.

Para aquele que causa isso na vida de um irmão, Jesus usa uma linguagem não-tão-figurada: “melhor lhe fora que se lhe pendurasse ao pescoço uma pedra, e se submergisse na profundeza do mar”.

3. Você está sendo perseguidor da igreja

E ele disse: — Quem és, Senhor?
E disse o Senhor: — Eu sou Jesus, a quem tu persegues. Duro é para ti recalcitrar contra os aguilhõesAtos 9:5

Em Atos 9:5, Jesus diz uma frase estranha e enigmática para Paulo, perseguidor de cristãos: “Duro é para ti recalcitrar contra os aguilhões”. Isso é um provérbio grego, do qual Paulo entendia muito bem.

Recalcitrar significa chutar, dar coice, ou resistir. A palavra traduzida como aguilhão (ou ferrão) referia-se a uma espécie de vara afiada, ou lança, usado para obrigar o boi a puxar o arado (como a espora para o cavalo). A expressão “recalcitrar contra os aguilhões” significa oferecer uma resistência que vai causar mal a você mesmo, ou tentar lutar contra aquilo que te machuca. Meio como o que temos hoje: “Dar murro em ponta de faca”.

Ao se levantar contra membros da igreja, você está sendo como Paulo, o perseguidor, lutando contra a obra de Deus na terra.

4. Você se levanta contra o próprio Deus

O que oprime o pobre insulta àquele que o criou, mas o que se compadece do necessitado o honra. Provérbios 14:31

Conforme já vimos, se levantar conta um filho de Deus é se levantar contra o próprio Deus, e essa é uma luta que não se pode ganhar.

5. Você está fazendo na terra o papel do Diabo de diante de Deus

E ouvi uma grande voz no céu, que dizia: Agora é chegada a salvação, e a força, e o reino do nosso Deus, e o poder do seu Cristo; porque já o acusador de nossos irmãos é derrubado, o qual diante do nosso Deus os acusava de dia e de noiteAp. 12:10

Às vezes olho o perfil de certas pessoas, ou depois de ouvir uma pessoa por algum tempo, percebo justamente isso: acusação de dia e de noite. Ou seja, exatamente o que o Diabo faz diante de Deus. Desnecessário dizer que isso não é exatamente o que se espera de um filho de Deus, certo?

Mesmo havendo mostrado na Bíblia todos esses argumentos, há alguns contra-argumentos comuns, os quais quero abordar aqui: “Os ensinamentos errados deles mostram apenas como não são convertidos.”

Isso pode ser verdade, mas isso não te dá o direito de expor alguém publicamente, especialmente onde não-cristãos e pessoas imaturas na fé possam ver e generalizar. Ao invés disso, procure colocar exemplos de pessoas que são uma bênção para o mundo. “Estou apenas ensinando como essas doutrinas são erradas.”

Você pode muito bem fazer isso sem acusar ninguém diretamente. Se deseja ensinar a seus discípulos o que é certo e errado, procure fazê-lo no privado, e certifique-se também de ensiná-los a raciocinar por si próprios, para que na sua ausência, não sejam levados por doutrinas vãs.

“Então você prefere que o erro deles seja encoberto?”
Não se trata de encobrir o erro, pois o erro pode ser evidenciado sem ofender ninguém. Na maioria das vezes, você não está nem ajudando a pessoa a entender seu próprio erro (pois essa pessoa pode nunca saber do que você escreveu), então não vai adiantar nada você apontar o erro.

Seja sábio, edifique a noiva de Cristo, e não incite a ira de um irmão contra outro, por mais que você não goste dele.

https://augustomen.wordpress.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...