quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Viciados em Redes Sociais

Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma.” 1 Cor. 6:12

Ultimamente tenho percebido, em mim, um impulso meio “fora de controle” à respeito do Facebook! Fico curioso para saber quantas pessoas curtiram ou comentaram os artigos que postei! Parece que há um tipo de “necessidade” a ser saciada, afim de que me sinta satisfeito!

Como Deus é fiel e sempre quer nos guiar, moldar, usar; hoje, providencialmente, ao pegar a revista “Isto é”, encontrei um artigo falando sobre as Redes Sociais e seus danos colaterais nas vidas dos que não conseguem “si dominar”!

De acordo com a revista, o que para mim ainda é apenas um desconforto(será?) para outros já está sendo um grande problema! Cerca de 25% dos pacientes do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Universidade de São paulo (IPq-HCUSP), que buscam ajuda, fazem-no por causa do vício em redes sociais. E, essa porcentagem, tende a aumentar até o fim do ano, afirma Dora Góes, psicóloga do programa, que almeja abrir um módulo específico para tratar essa vertente da dependência da internet. Dora diz que o vício em redes sociais é forte como da dependência química. “É como um alcoólatra. Se para ele o bar é o objetivo, para o viciado estar sempre conectado às redes sociais é a meta.”

Agora, você deve estar se perguntando: Como posso saber se já sou um viciado? Ou quão próximo estou de me tornar um? Para isso você deve conhecer o seu IMV(Índice de Massa Virtual). Responda as perguntas abaixo com um número e o multiplique pelo valor indicado.

1- Quantos smartphones você tem?

(X 3)

2- De quantas redes sociais você faz parte?

(X 4)

3- Quantos laptops você tem?

(X 1)

4- Quantos dispositivos tipo tablet você possui?

(X2)

5- Quantos endereços de e-mail você tem?

(X 2)

6- Quantos serviços de mensagem de texto e/ou chat você usa?

(X 5)

7- De quantos jogos do tipo RPG (jogo de interpretação de personagem) você participa?

(X 7)

8- Quantos computadores de mesa você tem?

(X 1)

9- Quantas câmeras digitais você possui?

(X 1)

10- Quantos outros eletrônicos que precisam de um carregador você usa?

(X 1)

11- Em quantos blogs você escreve ou comenta com frequência?

(X 2)


Some os pontos e identifique seu índice de massa virtual:


RESULTADOS

Veja em que intervalo você se encaixa e o que isso significa!

25 pontos ou menos

Você está dentro da média. O uso que você faz de internet e das redes sociais só lhe traz benefícios

25 a 35 pontos

Fique atento. Ser mais comedido no uso das ferramentas virtuais pode ajudá-lo

36 pontos ou mais

Você precisa de uma dieta virtual. Controlar o uso da internet e das redes sociais mudará a sua vida para melhor


Está com o IMV acima de 35? Saiba como administrar os excessos para ter uma vida virtual que não comprometa a real.


AS DEZ REGRAS DE OURO DA DIETA VIRTUAL

1. Se você já questionou seus hábitos virtuais acha que pode estar exagerando no uso das redes sociais, as chances de que você esteja certo em sua auto-avaliação são enormes. Confie nos seus instintos e aja para mudar o seu comportamento.

2. Organize o seu dia virtual como você organiza o seu dia real. Estabeleça horários para checar seus e-mails, fazer atualizações em redes sociais e compartilhar imagens. Cumpra o cronograma e a desfrute de todas as tarefas, reais ou virtuais, de forma plena e sem misturar uma com a outra.

3. Estabeleça e siga, à risca, um calendário que inclua pelo menos um dia de desintoxicação tecnológica por mês. Nesse dia, abandone todos os dispositivos eletrônicos e organize atividades a céu aberto e com amigos. Lembre-se: a vida também acontece longe da internet.

4. Deixe para usar os dispositivos eletrônicos quando você está sozinho. Se você tem companhia, seja de amigos, filhos ou namorados, privilegie o real. Lembre-se que o virtual sempre pode esperar.

5. Entenda que os momentos dos quais você abre mão na vida real são bem mais difíceis de reproduzir que os virtuais. E que, ao abrir mão, sistematicamente, do real pelo virtual, você está fazendo uma troca pouco inteligente e difícil de compensar.

6. Você realmente precisa de mais um computador? Ou de um celular mais potente? De um novo tablet? Resista ao apelo das novidades tecnológicas. Elas sempre serão mais legais e mais modernas que as que você já tem. Acostume-se!

7. Pense bem antes de postar algum detalhe de sua vida pessoal nas redes sociais. Só tuite, blogue ou compartilhe informações que você divulgaria, sem impedimentos, a qualquer um pessoalmente.

8. Quando fizer uma refeição, evite deixar o smartphone na mesa. Se deixar o aparelho à vista for imprescindível, dê-se ao trabalho de justificar essa necessidade a quem estiver com você. Isso ajudará a avaliar a verdadeira necessidade de ter o dispositivo à mão.

9. Não carregue seus aparelhos eletrônicos no mesmo ambiente em que você dorme e jamais leve esses aparelhos para a cama.

10. Busque ajuda se você sentir que seu uso da internet e das redes sociais está fora de controle. Converse com amigos e peça que eles policiem seu vicio. Se isso não funcionar, busque ajuda com profissionais que trabalham com dependências. Daniel Sieberg


Lembrem-se que Paulo nos exorta a usarmos “Tudo para a Glória e Deus”(I Cor 10:31). Portanto sejam Embaixadores de Cristo e usem as redes sociais, para que os que estão perdidos tenham a oportunidade de ter acesso à Palavra e, assim, receber a Fé que é dom de Deus(Ef 2:8-9) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...