segunda-feira, 30 de março de 2015

Semana Santa

Este é o dia que fez o Senhor; regozijemo-nos e alegremo-nos nele. (Sl. 118,24) 


Hoje quero falar sobre a semana santa. Aliás, quero deixar de falar sobre a semana santa. Ora seja, porque apenas essa semana seria santa, e as outras não? Qual a diferença de um dia santo e outro não? Quem santifica a semana e todos os dias? Quem fez a semana e o dia serem santos? Quem os instituiu? Não foi Deus?

As Escrituras Sagradas promovem os dias santos, declarando: "_ Este é o dia que o Senhor fez; regozijemo-nos e alegremo-nos nele" (Sl. 118,24). Qual é o dia que o Senhor fez? Todos os dias! Portanto, todos os dias são santos diante do Senhor e de todos aqueles que o aceitam; o ano inteiro, e não somente sexta-feira santa!

Certamente, quem instituiu apenas esse dia foi o homem, esquecendo-se de todos os outros que também saíram das mãos do criador. Coisas de homem.
Senão, vejamos: Segunda-feira é santa; terça- feira é santa; quarta-feira é santa; quinta-feira é santa; sexta-feira é santa; sábado é santo e domingo é santo. Todos os dias são santos, a semana toda é santa; o mês inteiro é santo; o ano inteiro é santo; ou existe algum dia que não é santo?

Sobre a sexta-feira da paixão, devo salientar que não apenas esse dia é de paixão, como também todos os dias. Por exemplo, sem sombra de dúvidas, segunda-feira é da paixão! Como assim? Bem, segunda-feira também é um dia cheio de paixão e de amor de Deus por todos nós. E assim, sucessivamente, temos a terça-feira da paixão; a quarta-feira da paixão; a quinta-feira da paixão; a sexta-feira da paixão; o sábado da paixão e o domingo da paixão e do amor de Deus. Em suma, toda a semana, mês, ano é de paixão e de amor de Deus por cada um de nós. Toda semana é semana santa e de amor de Deus. Aleluia! Deus tem amor e paixão pelo homem apenas na sexta-feira? Se alguns, por desconhecerem as Escrituras guardam o sábado, que dizer daqueles que querem guardar a sexta-feira? Elas nos lembram que guardando dias, e meses, e tempos, e anos e dias de festas, ou da lua nova, ou dos sábados, não passam de rudimentos fracos e pobres que os homens querem servir.

Nunca devemos criticar aqueles cujas tradições e cerimônias diferem das nossas. Não estou julgando, porque Deus proíbe esse tal julgamento. Estou me referindo àquelas leis relacionadas aos dias, às cerimônias, festas e alimentos da semana santa. As festas que por ora estamos vivenciando, são os dias santos daquelas leis, celebrados anual, mensal e semanalmente que distinguem cristãos de não cristãos. Não devemos nos deixar ser julgados pelas opiniões deles, porque Cristo nos libertou. Aleluia! Não nos amarremos nisto. Não deixe ninguém o julgar.



Você é responsável perante Cristo. Nessa semana santa, enfoque apenas a fé em Jesus Cristo. Mais importante do que a maneira como adoramos é que adoremos a Cristo. Nossa adoração pode ajudar a nos aproximarmos de Deus.

Evangelista Maurício

2 comentários:

  1. A Paz do Senhor Jesus meu grande amigo Ev.Maurício.
    É sempre um prazer estar passando por este espaço (blog) abençoado.
    Receba o abraço de seu amigo.

    Deus está no controle de tudo!
    Aleluia!

    Pastor Ismael

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O prazer é todo meu, caríssimo amigo e irmão. Retribuo o abraço, com as bênçãos do Altíssimo. Saudações fraternas em Cristo!

      Excluir

Deixe aqui seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...