sábado, 3 de agosto de 2013

Os Males da Fama

"Havia naqueles dias na terra; e também depois, quando os filhos de Deus entraram às filhas dos homens e delas geraram filhos; estes eram os valentes que houve na antiguidade, os homens de fama." Gênesis 6:4


Mais uma verdade à nosso respeito venho através dos caminhos da Bíblia para revelar, e sei que Deus não usa cachorro; gato; vaca ou qualquer outro tipo de animal em nossos dias, pois hoje ele elegeu profetas, homens que falam por inspiração divina, homens que não falam o que querem, mas são boca de Deus na terra trazendo a palavra verdadeira aos homens sedentos da verdade.

Aprendi que o maior sinal de que alguém tem realmente um chamado não o mostrar que é bom; que vai; que faz; que é; mas sim o pensamento de desistir, pois o que pensa em parar é o que reconhece o peso da responsabilidade, pois o verdadeiro envolvimento, relacionamento com Deus não tem volta, para o muito que foi dado, também muito lhe será cobrado.


O ser humano é muito complexo e sempre se deixa ser contaminado pelas coisas ruins, e agora me recordo de uma das mensagens que ministrei e você pode conferir (OS TRÊS CONSELHOS), pois ela mudou minha vida e também mudará a sua. Hoje vemos diariamente pessoas sonhando em se tornarem famosos e serem conhecidos por muitos desejando algo que lhes serão para o declínio. Vamos juntos em mais uma mensagem alimentar da palavra de Deus, aprendendo a viver neste mundo que não é nossa casa.

Como de praxe eu gostaria de lhe pedir a todos que deixem esta palavra entrar em seus corações, façam dela um alimento para suas almas. O sábio Salomão escreveu no livros de Eclesiastes relatando que a tempo para tudo debaixo do céu, tempo para sorrir e tempo para chorar; tempo para plantar e tempo para colher; tempo para nascer e tempo para morrer, e se Deus tem algo para nós, então a seu tempo isso acontecerá.

OS QUATRO MALES DA FAMA

O que realmente vem a ser fama? Eu defino como o “desejo desenfreado de sair do anonimato”. Uma pessoa que deseja fama na verdade está buscando basicamente quatro coisas malignas, ou seja: O dinheiro, o sucesso, a publicidade e o glamour. Os quatro males que a fama traz.

Dinheiro: A raiz de todos os males
Sucesso: Ser bem sucedido naquilo que faz;
Publicidade: Ser conhecido por muitos;
Glamour: Qualidade de ser atraente, charmosa.

Mas a Fama é algo que pessoas perseguem ao longo da história da humanidade e, talvez, este seja o ponto: a perseguição da Fama. Talvez um dos efeitos da Fama, seja a sensação de poder que ela sugere às pessoas, afinal ao longo da história humana a graduação de lideranças foi feita pelo valor do poder que determinada pessoa detinha em seus domínios.       

Mas antes da fama todos são iguais, pessoas normais que desejam aquilo que na verdade não conhecem. Ao buscarem a fama que o mundo traz na verdade estão cavando a própria sepultura. Essa síndrome da busca desenfreada pela Fama faz com que muitos deixem de acreditar na capacidade, no empreendedorismo e em outros meios de conquistar vitórias em suas vidas, e acima de tudo deixam de acreditar na capacidade de Deus.

A Bíblia é o maior manual de comportamento humano e é ela a boca de Deus que molda e conduz a vida daqueles que querem morar junto de Deus. Eu poderia citar muitas pessoas entre homens e mulheres que buscaram a fama, mas eu quero lhe mostrar alguns que a buscaram no contexto bíblico e acabaram por se darem muito mau.

1. NINRODE, O MALÍGNO

Segundo a bíblia, existiu um home cujo nome era Nimrod, e seu governo incluía as cidade de Babel, Ereque, Acade e Calné, e todas as terras de Sinear. E sob seu comando iniciou se a construção da tão famosa torre de Babel. Ele desejou construir uma torre que chegasse até o céu. Seu desejo era a busca desenfreada da fama de conseguir chegar ao céu, na morada celestial e bater nas portas da casa do Senhor Jeová, se tornado assim o homem mais audacioso da época.

Mas acabou por ser destruído pelo poder de Deus. O povo foi disperso pela face da terra sendo distribuídas línguas diferentes entre eles. Ninrode desejava sair de um anonimato e se tornar um homem conhecido por todos, rico e tudo, e viver no glamour do sucesso.

2. HAMÃ, O PRÍCIPE ENFORCADO

O livro de Ester nos conta que na eira de Susã havia um homem que desejava ser o rei dos persas desejava a fama de se assentar no trono do rei Assuero. E para isso ele faia o que for preciso para alcançar seu objetivo. Hamã era tão obcecado pela fama que se alguém entrasse em seu caminho ele o mataria.

Mas seu fim foi pior do que o começo, pois ele havia preparado uma forca para um homem justo e acabou por ser morto em sua própria construção, sendo que tudo que ele construiu foi usado para destruí-lo.

Hamã desejava a fama a todo custo, ele não descansava um só momento, pois sua obstinação era alcançar a fama, nem que para isso precisasse matar pessoas para alcançá-la. Ele não mediu esforços para buscar viver a fama e tudo o que ela proporciona, e essa busca foi sua decadência e ruína. Hamã morreu pendurado em uma forca e na mesma foca morreram seus filhos.

3. lúcifer, o anjo CAÍDO

No céu havia um querubim que na era igual aos outros, A Bíblia o chama de querubim ungido, no singular, por isso não havia outro. Ele era o que regia o louvor no céu e começou a se sentir o “bom da boca”, e o desejo da fama entrou em seu coração, e ele desejou se sentar no trono de Deus e com isso perdeu tudo o que tinha, e hoje vive depressivo, pois perdeu toda a beleza que tinha se tornando um ser abominável e asqueroso.

Seu trono se tornou as trevas, seus comparsas se tornaram demônios e sua herança se chama inferno, o lago de fogo e enxofre. Aquele que se chamava anjo de luz passou a se chamar satanás, belzebu, diabo.   

E lúcifer ficou cego pela fama de poder ser adorado como Deus era, e essa busca desenfreada o levou a ser o ser mais repugnante que existe.

VENCENDO OS MALES DA FAMA

Mas como vencer este mau do século? Como superar os males da fama?  Quando Deus está em nós, então aprendemos a vencer todos os males dessa vida. Quando temos uma vida na presença do Senhor, então nos levantamos após uma luta e declaramos que maior é aquele que está conosco do que aquele que está no mundo. Quando estamos na direção da palavra de Deus podemos vencer os males que a fama tenta nos dar para nos destruir.

Vejamos então novamente no contexto bíblico que se Deus é com alguém, este alguém poder declarar a vitória sem ser contaminado pelos males que a fama produz, pois ser famoso não é o objetivo do crente.

1. GIDEÃO, E SEUS TREZENTOS

Um homem que era humilhado pelos inimigos midianitas, que lhe roubavam seus alimentos, o deixando sem proventos. Gideão relata que ele era o menor em sua casa, o que me leva a entender que entre seus irmãos ele era o mais pobre, o mais necessitado, o que aos nossos olhos realmente precisava dos prazeres da fama oferece, mas ele tinha um coração diferente.

Gideão recebe o chamado do Senhor e confia que era Deus quem o estava capacitando e confia no chamado. Vai e vence 135.000 homens com apena um grupo de 300 homens. Imagine agora Gideão voltando para Israel e todo o povo gritando “Gideão! Gideão! Gideão!”, era para ele ficar cheio de orgulho e sentir e viver os prazeres da fama era para ele pensar: “Agora eu sou famoso!”, mas ele soube dar a glória a quem ela era digno, a Deus.

2. DAVI, O AMADO DE DEUS

Davi, chamado homem segundo o coração de Deus, era cheio de falhas, também o menor entre seus irmãos, pois eles eram soldados do exército de Saul, e Davi um pastor de ovelhas, era o caçula que não podia ir aos campos de batalha. Mas certo dia seu pai o manda levar mantimentos a seus irmãos e voltar trazendo notícias, mas quando Davi chega ao campo de batalha ele vê um gigante afrontando Israel     e decidi matá-lo.

A história todos conhecemos. Davi matou um homem amedrontador chamado Golias, um gigante que fez um exército ficar acuado, amedrontado, intimidado. Um menino de cerca de dezessete anos vence um guerreiro de muitos anos. Com a queda de Golias penso que todo o exército de Israel começa a gritar seu nome, “Davi! Davi! Davi!”, mas ele não se empolga com a fama, pois o menino sabia que a glória era de Deus e não deles.   

3. ELIAS, O PROFETA DO FOGO

Uma das histórias mais comoventes sobre um profeta é a história de Elias contra os males que o rei Acabe trouxe ao povo de Israel. Elias fez com que Deus fechasse as janelas do céu e não houvesse chuva e nem orvalho. Após um período de cerca de três anos e meio Elias volta e propõe um desafio, entre ele e os profetas de Baal e Asera. Após Deus honrar a palavra de seu servo Elias se levanta e mata a fio da espada todos os profetas de Baal, cerca de 450 homens, um por um.

Quando o fogo desceu do céu a esse a bíblia diz que todo Israel começou a gritar seu nome, pois veja bem. A bíblia diz que todo o povo de Israel juntos gritavam “Só o Senhor é Deus! Só o Senhor é Deus!”, e o nome de Elias em hebraico é Eliahu, que traduzido quer dizer “Jeová é Deus”, então todos gritavam juntos “Elias! Elias! Elias!”, mas a fama não subiu a cabeça de Elias. Elias era homem de Deus e sabia que a honra da vitória é toda do Senhor Jeová.


Após a saída do povo Hebreu do Egito, Deus disse a Moisés que mandaria um anjo junto com eles para guiá-los, mas Moisés disse: “Se tu não fores conosco, então não nos faça sair daqui!”. Vejo que muitos estão prosseguindo sem a presença de Deus em suas vidas e um ministério que era para ser bem sucedido acaba por virar ruínas da vergonha.

Vejo que a busca da fama está levando muitos a se frustrarem no meio do caminho, e perderem suas vidas, entregando suas almas a perdição eterna. Só iremos estar livres dos males da fama quando aprendermos a dar a Deus toda honra e toda glória.

Temos inúmeros exemplos de pessoas que em nossa geração desejaram ser mais famosos do que Deus e acabaram morrendo antes de viverem um sucesso. Lembremos de Tancredo Neves, que disse que nem Deus o impediria de subir o planalto. E o que dizer de John Lennon, que disse que os Beatles eram mais famosos que Jesus e morreu com quatro tiros. Poderia ainda falar de Merilym Moroe foi visitada por Billy Graham e ao ser evangelizada ela disse não precisar de Jesus, e uma semana depois foi encontrada morta.

Precisamos aprender a dar a Deus toda honra e toda glória por tudo que somos e que temos, pois só Ele é digno. Sim! O nosso Deus é famoso, Ele é o dono do ouro e da prata, Ele tem sucesso em tudo o que faz, só Ele é conhecido mundialmente, até a natureza e os animais lhe rendem glória, só Deus é atraente, Ele sim tem glamour em sua presença.


Pr. Alexandre Augusto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...