sexta-feira, 22 de março de 2013

As Bem-Aventuranças



Jesus disse: "Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o Reino dos céus; bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados; bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra; bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos; bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia; bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus; bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus; bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o Reino dos céus; bem-aventurados sois vós quando vos injuriarem, e perseguirem, e, mentindo, disserem todo o mal contra vós, por minha causa” (Mt. 5,3-11).


Nosso Senhor começou a proferir o sermão do monte, com palavras que se contradizem. Esses versículos foram chamados de “Bem-Aventuranças” ou “Beatitudes”, que no latim pronuncia-se “Beatitudine”, derivado de outra palavra, “Benedictione”, que significa “Bênçãos”.



Bem-Aventurados, é a descrição do que significa ser um seguidor de Cristo. Eram as características que Ele procurava em Seus discípulos que seriam chamados assim, quando possuíssem tais particularidades, e por Deus ter algo especial reservado para eles.



As Bem-Aventuranças contradizem o estilo de vida da sociedade. Sim, o modo de vida de Deus normalmente contradiz o do mundo. Se a nossa meta é nos tornarmos parecidos com Jesus, o melhor modelo de virtudes, as Bem-Aventuranças desafiarão diariamente o nosso modo de vida. Se desejarmos viver para Deus, devemos estar prontos para dizer e fazer o que parece estranho para o mundo. É andar na contramão do mundo; nadar contra a correnteza do rio. Jesus é sinal de contradição: devemos estar dispostos a dar quando outros tomam; amar enquanto outros odeiam; ajudar quando outros abusam; abrindo mão de nossos direitos e benefícios a fim de servir os outros. Um dia receberemos tudo o que Deus tem reservado para nós. São padrões de conduta que contrastam valores do Reino com os valores do mundo, mostrando o que aqueles que seguem a Cristo podem esperar do mundo e de Deus; contrastam a falsa piedade com a verdadeira humildade e mostram como as expectativas descritas no AT serão cumpridas no Reino de Deus.



Cada Bem-Aventurança diz respeito a uma bênção de Deus. Bem-Aventurança significa ter mais do que alegrias. Implica o estado afortunado daqueles que fazem parte do Reino de Deus.



Há pelo menos quatro considerações sobre as Bem-Aventuranças.

1)são um código de ética para os discípulos e um padrão de conduta pata todos os cristãos.

2)Contrastam os valores do Reino, que é eterno, com os terrenos, que são temporários.

3)Contrastam a fé superficial dos fariseus com a fé real que Cristo exige.

4)Demonstram que as expectativas do AT cumprir-se-ão no novo Reino.



As Bem-Aventuranças não nos permite escolher aquelas que nos agradam e desprezar as demais; devem ser consideradas como um todo, pois relacionam o que nós enfrentamos e como devemos agir como seguidores de cristo. Não prometem riso, prazer ou prosperidade terrena. Para Deus, bem-aventurado é aquele que tem uma experiência de esperança e alegria, independentemente das circunstâncias exteriores. Para encontrar essa forma mais profunda de felicidade, devemos seguir Jesus, a despeito do preço a pagar.



A organização do Reino celestial é diferente dos reinos terrenos, pois naquele, riqueza, poder e autoridade não são importantes. Posição social, autoridade e dinheiro não são importantes em seu Reino; o que importa é a fiel obediência a Deus. Assim, os súditos do Reino dos céus agem e buscam bênçãos e benefícios diferentes.

Bíblia de Estudo Aplicação Pessoal

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...