domingo, 25 de novembro de 2012

Primavera!


"Porque eis que passou o inverno: a chuva cessou e se foi. Aparecem as flores na terra, o tempo de cantar chega, e a voz da rola ouve-se em nossa terra. Ct. 11, 12.

Cresci numa casa que tinha um jardim.

Minha mãe sempre gostou de mexer na terra, de ter muitas flores na frente e ao redor da casa. Eram flores de todas as espécies. Rosas, antúrios, dálias, margaridas, enfim, muitos tipos, grandes e pequenas.

Muitas vezes eu levava para a professora algumas flores. Minha mãe escolhia algumas e fazia um buquê bem bonitinho. Como eu gostava...

Mas como vocês sabem, o jardim dá um trabalhão para cuidar. Tem que sempre estar tirando o mato, adubando, replantando e regando quando a chuva está escassa. Tem que colocar muitas vezes varetas em algumas plantas, para que não cresçam tortas, mas que fiquem apoiadas.

Hoje começa a primavera no nosso calendário, a estação das flores, então lembrei do jardim da minha casa quando criança e de todos esses cuidados que a minha mãe tinha com ele, para que estivesse sempre florido e limpo.

E isso também me fez pensar nas pragas que atacam os jardins e as lavouras. As ervas daninhas, são tão indesejadas, porque elas competem com as plantas por luz e nutrientes, deixando assim a plantação menos viçosa e comprometendo a qualidade da colheita.
O joio é considerado uma erva daninha que cresce com o trigo. A semelhança entre eles é tão grande que em algumas regiões costuma-se denominar como "falso trigo". Pode ser venenoso e uma pequena quantidade de joio colhido e processado com o trigo pode comprometer toda a qualidade. Por isso a expressão "é preciso separar o joio do trigo".

Em Mt.13,24-30 lemos a parábola do joio e do trigo e em Mt.13,36-43 lemos a explicação de Jesus para essa parábola.

Queridos, somos como flores no jardim do Senhor. Precisamos de cuidados, de água, de adubo, e de proteção contra as ervas daninhas que tentam sugar nossos nutrientes. O jardineiro, nosso Senhor, com carinho cuida desse jardim. Vamos deixa-lo nos podar e nos adubar com a Sua palavra e nos regar com o Seu Santo Espírito, para que possamos crescer saudáveis e viçosos.

Se estás passando por um inverno rigoroso em tua vida, deixe que o Senhor te aqueça e cuide de ti, pois em breve a primavera chegará e então desabrocharás no jardim do Senhor com toda beleza e vitalidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...