terça-feira, 12 de junho de 2012

Quando o homem ignora a Deus...

“ Sabe, pois, e vê, que mau e quão amargo é deixares ao Senhor, teu Deus, e não teres o meu temor contigo, diz o Senhor Jeová dos Exércitos”. (Jr.2,19).



Por que fazer de conta que Deus não existe? Porque, na verdade, Deus existe, Deus é Aquele que é, o Auto Existente. Ignorar Deus é pura tolice! Aliás, está escrito nas Sagradas Escrituras: “Diz o insensato no seu coração: Não há Deus” (Sl. 14,1).  Néscio, é aquele que ignora a Deus; um verdadeiro ateu, porque ignora os sinais, marcas e evidências da presença divina, e se recusa a viver de acordo com a sua verdade. É uma atitude completamente tola, um desafio a Deus, também chamado de soberba.  Quem confia mais em si do que em Deus, é orgulhoso. É o endeusamento próprio; adoração ao próprio EU. Os que assim vivem, esquecem-se da advertência: “Sem Mim, nada podeis fazer” (Jo. 15,5).

O homem começou a ignorar a Deus, quando no Jardim do Éden desobedeceu as ordens do Criador. Voltou as costas para Deus, e foi-se. Começou a andar para trás. Ai desta nação pecaminosa, povo carregado de iniquidade, raça de malignos, filhos corruptores; abandonaram o SENHOR, blasfemaram do Santo de Israel, voltaram para trás” (Is. 1,4).

É o pecado que afasta o homem de Deus. Enquanto continua a pecar, ignorando a presença de Deus, ele se isola e priva-se da ajuda divina. É bom ressaltar que quando o homem se sentir sozinho e separado de Deus, deve se lembrar de que Ele não o abandona, mas os seus pecados que o separam Dele. É difícil compreender e aceitar isto? O único e seguro remédio contra esse tipo de solidão é restaurar um relacionamento sincero com Deus, através da confissão de nossos pecados, da obediência aos seus mandamentos e da constante comunicação com Ele.

Quando o homem ignora a Deus, os seus problemas ganham destaque.

Foi assim com Adão. Foi assim com sua mulher... Foi assim com seus filhos... Foi assim com sua geração... E é assim com todos os homens que não reconhecem o Filho de Deus que tira o pecado do mundo. Jesus, portanto, é o ponto inicial para uma nova vida com Deus.

Quando pequeno, o homem que não é devidamente ensinado por seus responsáveis, ignorando o temor que se deve a Deus, sofre consequências. Colhe aquilo que plantou. E ignorar a Deus, desobedecendo aos seus mandamentos, é a maior das desgraças que ele semeia. Volto a repetir: “Sem Mim, nada podeis fazer” (Jo. 15,5). Há um conselho em Provérbios de Salomão, que diz assim: "Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele" (Pv. 22,6). Mais tarde, certamente, os pais não se envergonharão do comportamento de seus filhos. Ignorar a Deus é quando colegas e professores fazem a sua parte, para desacreditar a fé dos alunos em Deus. Encontram-se muitos argumentos, que colocam em dúvida Sua existência, soberania, poder, e o fato de que Jesus é Seu Filho e nosso Salvador.

Outro conselho: “Buscai o Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto. Deixe o perverso o seu caminho, o iníquo, os seus pensamentos; converta-se ao Senhor, que se compadecerá dele, e volte-se para o nosso Deus, porque é rico em perdoar” (Is. 55,67).

Busquemos a Deus, enquanto Ele está próximo. Deus não planeja afastar-se, porém muitas vezes O deixamos ou erguemos barreiras de pecados entre nós e Ele. Não espere até encontrar-se à deriva, e longe de Deus, para procurá-Lo. Quanto mais tempo passar, mais difícil será voltar para Ele. Também existe a triste possibilidade de Deus vir a julgar os homens antes que você decida voltar. No dia do juízo final, quando o justo juiz revelar as obras de cada um, haverá condenação e castigo ­­ _ e este será eterno, irreversível. Muitos se surpreenderão ao saberem quais atos os levaram à condenação, pois não os consideravam graves, por desconhecerem a Palavra de Deus. “Errais, não conhecendo as Escrituras...” (Mc. 12,24).

Portanto, ignorar a Deus, o que Ele pensa e faz, é extremamente perigoso: Define seu destino na eternidade. Então, se você quer ter vida eterna no céu, busque ao Senhor enquanto há tempo. Para Deus não faz diferença se O ignorarmos, mas para nós é fatal. Busque a Deus agora, enquanto pode fazê-lo, antes que seja tarde demais.

Pb. Maurício
Bíblia de Estudo
Aplicação Pessoal

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...