quinta-feira, 31 de maio de 2012

Quando a vida é bela!

“... Porque a tua graça é melhor do que a vida; os meus lábios te louvam” (Sl. 63,3).

Quem não se lembra do filme “A vida é bela”? Na Itália, durante a Segunda Guerra Mundial, Guido, filho de judeus, é mandado para um campo de concentração, juntamente com seu filho, o pequeno Giosuè. Guido é um homem simples, inteligente e espirituoso, um pai amoroso, e graças a isso consegue fazer com que seu filho acredite que ambos estão participando de um jogo, uma brincadeira, sem que o menino perceba o horror no qual estão inseridos. Em outras palavras, para Giosuè, a vida sempre é bela!
Contudo, penso que a vida não é tão bela, assim.
Igualmente, a vida é bela, quando a graça de Deus é melhor que a vida.
Segundo as Escrituras Sagradas, quando nossos primeiros pais pecaram lá no Jardim do Éden, perderam a Graça, e foram logo em seguida sentenciados a uma vida extemporânea, não oportuna, fora da presença de Deus, trazendo consigo toda “sorte” de dores, mazelas e infortúnios: doenças, maldade, sofrimento.
Já se observa que a vida está longe de ser bela! Falta a graça de Deus, que, por meio de seu Filho Jesus, concede a vida que agrada por sua qualidade, vida em abundância, a todos aqueles que creem em seu nome. Vida verdadeira, que valha a pena ser vivida, vida íntima com Deus, vida com qualidade, estilo, e seus predicativos. Essa é a vida bela, sinônimo de vida eterna, que todo o mundo sonha e procura encontrá-la.
Ora, pois, na vida, a morte é o fim. Na Graça, a morte é o começo. Na vida, o maior devora os menores. Na Graça, o Maior salvou os menores. A vida é incerta, mesmo com toda a sabedoria humana. A Graça traz certezas irrevogáveis, que provêm da Sabedoria Divina. A vida castiga os erros e deixa sérias consequências. A Graça perdoa os erros e faz das consequências preciosas lições para o crescimento espiritual. Na vida, fazemos tudo o que queremos. Na Graça, fazemos tudo o que é certo. Na vida, fazemos justiça com as próprias mãos. Na Graça, a justiça provém das perfeitas mãos de Deus. A vida é curta. A Graça é eterna. Na vida temos amigos. A Graça dá-nos irmãos. A vida é um amontoado de dúvidas. A Graça é a solução. A vida se perde na escuridão. A Graça dissipa as trevas com a luz de Cristo. A vida questiona. A Graça responde. A vida acontece no mundo. A Graça nos tira do mundo. A vida é vencida pela morte. A Graça vence a morte. A vida dá prazer. A Graça dá salvação.
Enfim, a vida é bela, quando há um encontro com Jesus! Dizem as Sagradas Escrituras: “Quem tem o Filho tem a vida; quem não tem o Filho de Deus não tem a vida (I Jo. 5,12)”. Só Jesus pode fazer a vida bela!
 “Porque a tua graça é melhor do que a vida, os meus lábios te louvam” (Sl. 63,3); “Eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância”. (Jo. 10,10b), e “valendo teu amor mais que a vida, meus lábios te glorificarão”.
Vamos viver vida com Deus, vida com a graça de Deus, vida com o amor de Deus! Vida bela!
Viva a vida!

Pb. Maurício

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...