segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

O Dia em que o tempo parou.


"Eis que farei retroceder dez graus a sombra lançada pelo sol declinante no relógio de Acaz. Assim retrocedeu o sol os dez graus que já tinha declinado”. (Isaias 38:8)

"Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu". (Ecl. 3,1)

Não sei se é o título mais correto para essa crônica, no entanto tem muito a ver com o tema.

Dez graus foi o equivalente a 15 anos de vida a mais, para o Rei Ezequias.

Quero falar de tempo. Tempo de Deus para todas as coisas, tempo do homem para realizar as obras de Deus aqui na terra. Kairós e cronos. Tempo de Deus e do homem.

Na verdade, o homem não sabe o tempo que tem em suas mãos, como dádiva divina. Na verdade, ele tem todo o tempo do mundo. A eternidade. Mas, eternidade para ser vivida onde? Isso depende! Onde passará a eternidade? No céu ou no inferno? Estou falando daquilo que creio. Estou falando daquilo que está escrito nas Escrituras Sagradas. Estou falando de verdades pronunciadas por Deus. Estou falando da Palavra de Deus, porque creio.

Há tempo para todas as coisas e agora é tempo para refletir sobre isso. Tem tempo? O meu, estou dedicando a você, agora. Creio não estar perdendo tempo. Tempo perdido não volta mais. Tempo é oportunidade. Tempo é ouro.

Aqui, é necessária, como recurso literário, uma redundância. Será preciso ser demasiado e supérfluo ao mesmo tempo. Terei que caprichar na redundância, para me expressar bem. Será preciso abusar de alguns ornatos nesta mensagem, não querendo ser redundante.

Há muito e muito tempo, quando trabalhava numa escola pública, o tempo parou. Meu Deus! Que é isso? Sim, isso mesmo. O tempo parou para mim. Fiquei sem tempo. Fiquei parado no tempo.
Eu me lembro de estar assentado numa cadeira frente a uma carteira escolar, quando isso aconteceu. Estava de plantão, lendo um livro, não me recordo qual o nome.
De repente, mais que de repente, o tempo parou. Tudo parou. Parou tudo. Para mim.
Com os olhos voltados para as páginas do livro, levantei a cabeça e sem nenhum relapso de tempo, tudo parou. Está entendendo? Não sei como me expressar melhor. Só sei que aconteceu desse modo.
Olhei então para o grande salão à minha frente, e eis que tudo estava a correr. Menos eu. Menos minha vida. Menos minha pessoa. Eu estava parado. Meu tempo parou.
Tudo à minha frente e à minha volta, estava correndo, isto é, andando às pressas. Só eu estava parado. Só o meu tempo havia parado. Tudo corria à minha volta, mas eu ficava parado. Não sei explicar melhor.
Nesse ínterim, parei de me movimentar e comecei a observar melhor tudo e todos à minha frente e derredor. Fulana estava correndo no salão. Fulana estava subindo as escadas próximas ao saguão, correndo. Fulano passou por mim e não deu tempo para me cumprimentar. Duas novamente subiram as escadas, sem tempo. Tudo correndo, tudo corria, tudo depressa, tudo às pressas. Com pressa.
Olhei tudo aquilo e perdi a noção do tempo. Interroguei-me: Que está acontecendo? Por que todos estão a correr? Para que toda essa pressa? Está acontecendo algo que eu não saiba? Tudo está tão diferente! Meu Deus! O que está acontecendo? O que está acontecendo comigo? Chacoalhei a cabeça.
Nesse dia, o meu tempo parou na eternidade.
Perdi-me no tempo.

Logo, tudo voltou ao normal. Tudo voltou a ser como era antes. Tudo corria normal.

Até ao dia de hoje, não soube explicar o fato. Quando perguntei ao colega o porquê daquela correria, ele apenas sorriu e não falou mais nada, a ponto de entender que eu estava passando por algum momento estranho.

Bem, deixemos isso agora, para lá.

Só quero dizer que nós temos toda a eternidade para fazer a obra de Deus. Nós não temos toda a eternidade para fazer a obra de Deus. Temos apenas o hoje para crer. Apenas o presente. O hoje é uma dádiva divina, um presente de Deus. Só temos o presente para viver de fé. Façamos o bem a todos, enquanto temos tempo. Saibamos administrar nosso tempo, dado por Deus, o Senhor do Tempo.

Fratermaurício

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...