sábado, 13 de agosto de 2011

Os campos estão brancos para a ceifa

"Não dizeis vós que ainda há quatro meses até que venha a ceifa? Eis que eu vos digo; levantai os vossos olhos e vede as terras, que já estão brancas para a ceifa. E o que colhe recebe galardão e ajunta fruto para a vida eterna, para que, assim o que semeia como o que ceifa, ambos se regozijem" - João 4.35-36.
.
Quando Jesus transmitiu este sublime ensinamento era o momento em que a terra estava sendo preparada para o plantio. Logo mais seria colocada a semente no solo para somente quatro meses após ser iniciada a colheita. O Mestre, porém, ordenou que seus discípulos levantasem os olhos e observassem que os campos estavam brancos, prontos para a ceifa.
.
Quem ainda não contemplou um plantio de algodão em que longe se avista os capuchos brancos, prontos para a colheita? Se houver displicência por parte de quem o plantou e passar do prazo da ceifa de todo aquele investimento ficará perdido. Houve a preparação da terra, o combate às pragas, a seleção e a compra das sementes, o plantio, a retirada das ervas daninhas, para o bom aproveitamento daquele solo.
.
Jesus levou parao campo espiritual a tradição agrícola judaica para o cultivo e produção de um determinado tipo de lavoura. A Palavra de Deus é considerada uma modalidade de semente que é plantada nos corações dos pecadores. Nós somos os lavradores que receberam a incumbência de anunciar a mensagem de salvação a todos os homens.
.
O campo para este plantio é o mundo. Tanto ele como os seus lavradores precisam estar preparados para lidar com a preciosa semente, que é a Palavra de Deus. O Todo-Poderoso não aceita que algo seja feito para Ele sem uma preparação anterior. Devemos nos preocupar com a tradução da Bíblia para os idiomas e dialetos dos povos não-alcançados.
.
Muitos foram os que tiveram esta visão. Eu pergunto: Como se poderia evangelizar a China, se não houvesse antes a preocupação de se traduzir a Bíblia do inglês para o chinês? Esta foi a preparação deste maior campo missionário do mundo. Observa-se hoje o grande resultado desta árdua tarefa que culminou até com a morte de quem se empenhou para entregar à nação mais populosa de Terra a Bíblia em seu vernáculo.
.
O lavrador que deseja plantar em um campo missionário também precisa preparar-se, ou seja, é necessário aprender o idioma, os costumes, a cultura de um povo, para que seja bem-sucedido na árdua tarefa de ganhar aquelas almas para Cristo, pois, caso contrário, corre o risco de retornar frustrado por não ter alcançado o resultado almejado: a transformação de uma sociedade pelo poder da Palavra de Deus.
.
Existem várias agências missionárias que estão investindo neste propósito de preparar vários tradutores da Bíblia para diversos idiomas e dialetos, a fim de que a evangelização destes povos torne-se mais simples.
.
João Ferreira de Almeida teve esta preocupação e nos presentou a Bíblia em nosso vernáculo. Seria de bom alvitre que os nossos índios pudessem ler a Palavra de Deus em seus dialetos, pois muitos nã osabem falar o português. Pensemos nisso!

Pr. José Wellington Bezerra da Costa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...