domingo, 8 de maio de 2011

Você, Mãe!

“De agora em diante, todas as nações me chamarão bem-aventurada” Lucas 1:48.

Em tempos como o nosso, quando se procura eliminar a distinção entre os sexos, o dia das mães vem nos lembrar que Deus distinguiu a mulher com uma benção que não pode ser delegada a mais ninguém, tenha a pessoa a capacidade que tiver.
A primeira mãe, Eva, foi a mãe de todos os seres humanos segundo o relato do Gênesis (3:20). Experimentou alguns contratempos, pois, como acabara de ser criada e o seu “sexto sentido” ainda não estava apurado se viu em sérios apuros para discernir a Palavra de Deus, teve dificuldades em obedecer ao Criador e seguir as suas orientações.
Você mãe, que não foi a primeira e, se Deus quiser, não será a última, é bem-aventurada pois a promessa do Senhor feita a Abraão e a Sara é válida ainda hoje para a sua vida:
“De agora em diante sua mulher já não se chamará Sarai; seu nome será Sara, pois Eu a abençoarei e também por meio dela darei a você um filho. Eu a abençoarei e dela procederão nações e reis de povos” (Gen. 17:16-17).
Você mãe, que pode não estar no topo da lista quando o quesito é força, mas com a graça de Deus se supera em momentos de lutas e necessidades é bem-aventurada pois em você Deus coloca o espírito de conquista quando a capacita para esse ministério. A benção e a força que você passar para os seus filhos os capacitará a fazer diferença em sua geração. Eles serão conquistadores e os aborrecedores de Deus não permanecerão de pé diante deles:
“E abençoaram Rebeca, dizendo-lhe: ‘Que você cresça, nossa irmã, até ser mãe de milhares de milhares; e que a sua descendência conquiste as cidades dos seus inimigos e possua a porta de seus aborrecedores” (Gen. 24:59).
Você mãe, que teve o seu filho deixado à beira do rio, será chamada para reencontrá-lo, ainda que isso seja feito pela filha de Faraó, e com pensão inclusa:
“Então lhe disse a filha de Faraó: Leva este menino e cria-mo; pagar-te-ei o teu salário. A mulher tomou o menino, e o criou” (Êxodo 2:9).
Você mãe, que tem visto tantos filhos em caminhos tortuosos e tantas casas desertas é convocada por Deus para se tornar mãe no meio do seu povo;
“Nos dias de Sangar e de Jael, cessaram as caravanas e os viajantes tomavam desvios tortuosos. Ficaram desertas as aldeias em Israel, repousaram, até que eu Débora, me levantei, levantei-me por mãe em Israel” (Juízes 5:6-7).
Você mãe, que não gerou filhos na carne, mas como as parteiras hebréias se recusa a obedecer a ordem de Faraó, é bem-aventurada, pois homens como Moisés continuam nascendo e sendo usados por Deus como instrumentos de libertação:
“E Deus fez bem às parteiras; e o povo aumentou e se tornou muito forte. E porque as parteiras temeram a Deus, ele lhes constituiu família”(Êxodo 1:20-21).
Deus abençoe você, mãe...

Autor: Oswaldo Chirov
www.estudosbiblicos.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...