sábado, 18 de dezembro de 2010

David na caverna de Adulão

Você já sofreu perseguição? Já se sentiu ameaçado? Desejou ficar sozinho?
O texto nos fala de perseguição, fuga e refúgio. Davi refugia-se num lugar, esconde-se, foge para um outro contexto por causa da perseguição de Saul. Saul ainda era o rei e sabia que Davi o ameaçava.
Mas ameaçava porque? O que Davi estava tentando mostrar nessa fuga? Ele não era o ungido de Deus? Qual era de fato a necessidade deste recolhimento?
Exatamente por por ter sua unção reconhecida e valorizada pelo povo, Davi despertou ciúmes em Saul , despertou a inveja e o ódio de Saul, que passou então a perseguí-lo. Davi estava bem com o povo, caminhava segundo os planos de Deus e o ciúme de Saul foi tomando conta da situação e falando mais alto.
Davi precisava fugir de Saul de um lado para o outro, se escondendo para não ser morto.
Nesse esconderijo de Davi, a Caverna de Adulão, algo especial aconteceu, (I Sm. 22. 1 e 2), ali se ajuntaram a ele um bando de homens endividados, amargurados e sem futuro, dos quais Davi era o líder.
Adulão: Significa Justiça do povo, refugio, esconderijo; foi um lugar de tratamento na vida de Davi.
Davi sendo o ungido de Deus, poderia ter matado Saul e ficado logo com o reino, mas ele sabia que não havia sido chamado para matar Saul e sim para reinar no lugar de Saul. O teste de paciência e autocontrole diante de uma circunstância dificil levou Davi a refugiar-se. O tempo de caverna tratou, ensinou e exaltou Davi naquele contexto.
A caverna em nossas vidas torna-se necessária quando precisamos ser tratados...
1) Em nossa vida pessoal
2) Em nossa vida social
3) Em nosso ministério
Em cada uma destas áreas, gigantes se levantam para afrontar o servo e a serva de Deus. Perseguições, confrontos e provas, muitas provas acerca da unção de Deus sobre aquele(a) que foi separado por Deus para fazer Sua obra.
Saul perseguiu a Davi porque ele sabia que o reino seria tirado dele e então começou a perceber que ele era o rei, mas não o ungido.
Do outro lado, Davi chamava cada vez mais a atenção do povo. A comparação com o então rei Saul era inevitável. “Saul matou mil, Davi dez mil”, e isso começo a irritar muito Saul.
Querido irmão e querida irmã, se as coisas estão muito tranqüilas, comece a se preocupar...se não há perseguição comece a se preocupar... o ungido de Deus sofre perseguições, sofre dificuldades, sofre medo. “No mundo tereis aflições...” O verdadeiro ungido de Deus precisa incomodar, precisa ser notado, precisa fazer a diferença!
E é na caverna que muitas vezes vamos aprender a lidar com este incômodo que temos que provocar onde estivermos. É na caverna que nos encontramos com situações que nos tiram da fuga. É na caverna que precisamos ver o que fazer, ou melhor, o que Deus vai fazer (vs 3).
A) Quando estamos na caverna, achamos refúgio (Sou abençoado). Vida Pessoal
Na caverna temos a oportunidade de intimidade com Deus. As vezes, por algum motivo em nossa vida é preciso nos refugiarmos, pararmos com nosso dia-a-dia, com nossa correria, com nossos afazeres. Situações, pessoas e problemas insistem em nos perseguir. Alguns de nós podemos nos identificar com Davi, enfrentar um "gigante" na frente de pessoas das quais somos líderes, e pensamos que estamos prontos para enfrentar o desafio e que "gigante" como este não existirá mais. Saul era o novo gigante na vida de Davi. Embora ungido pelo profeta Samuel, Davi o escolhido de Deus, precisava passar algumas provas. A persegução de Saul era prova de que Davi precisava ir para a caverna. Quantas vezes nos sentimos “donos da situação”? Nada pode me barrar! Ou nem encaramos assim, mas para o nosso próprio crescimento e amadurecimento é preciso ir para a caverna. O tratamento da caverna estabelece a condição do “eu” com Deus.
B) Quando estamos na caverna, Deus pode nos usar para (abençoar outras pessoas). Vida Social
Olha pra onde Davi foi! Uma congregação de bandidos..., quando enfrentamos situações calamitosas, passamos a conviver com pessoas que nunca imaginávamos.
Davi deu sentido á vida destes homens e estes passaram a ser a primeira fila do seu exercito. Se você está em um lugar ruim é porque você é um instrumento de Deus para dar rumo as pessoas que estão ao seu redor.
A palavra de Deus, a Bíblia Sagrada, nos conta que os irmãos de Davi não criam nele, não o valorizavam, tanto é, que por ocasião da guerra com os filisteus, quando Golias desafiava ao povo de Israel, Davi chegando ao campo de batalha foi destratado por seus irmãos que o chamaram de curioso, intrometido, metido a besta, e agora estavam ali buscando refugio junto a Davi em Adulão. Quem foram os homens que procuraram a Davi: (Vers.02) “Ajuntaram-se a ele todos os homens que se achavam em aperto, e todo homem endividado, e todos os amargurados de espirito, e ele se fez chefe deles; e eram com ele uns quatrocentos homens.” Deus honrou Davi não somente entre aqueles que estavam diretamente ligados a ele, porém, as pessoas de fora, também reconheceram o que Deus estava fazendo na vida dele
Aqueles homens que antes serviam a Saul, agora serviam a Davi, trocaram o governo de suas Vidas. Hoje também, é o tempo de você mudar o Governo e a orientação de sua vida. Você esta amargurado, apertado, perseguido, endividado, doente etc. As pessoas que estão próximas de você, julgam você inferior? Parentes, vizinhos, “amigos”...Todas estas pessoas verão o que Deus fará em sua vida social! Jesus é a nossa caverna de Adulão, Corramos para Ele agora.
C) Quando estamos na caverna, somos preparados para novamente acharmos o caminho, porque há um tempo estabelecido para o refúgio. Dimensão ministerial e espiritual
No verso 5 é dada a orientação a Davi de que o tempo de caverna havia terminado. Era preciso sair e com uma nova visão e uma nova experiência continuar impactando a vida das pessoas que confiavam nele como ungido do Senhor.
Muitos entram na caverna, porém, acham que o tempo de caverna não terá fim, ou pior, acomodam-se na caverna, pois lá recebendo apenas apoio e desfrutando de intimidade com Deus fica mais fácil não encarar a perseguição. Hoje o Senhor quer nos restabelecer para uma novo tempo, um novo momento. Fazer um novo governo sobre nossas vidas, renovar seu pacto de unção sobre cada um aqui e demonstrar seu valor diante daqueles que vem desacreditando ou ameaçando você.
Conclusão: Saia já da caverna para declarar que a vitória já veio nesta hora em nome de Jesus. Declare Adulão como renovo para sua vida, para seu trabalho, para seu ministério. O tempo de alegria é chegado! O tempo de perseguição já findou! O tempo de unção é renovado neste dia, creia nisso!

 
Pr.Marcelo Arruda

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...