segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Como se preparar para a vinda do Senhor

Vivemos dias em que se exige que tudo seja rápido, nós temos pressa. Não podemos perder tempo em filas, almoçamos rápidos no self-service ou fast-food, e voltamos rapidamente para trabalhar. As comunicações são de alta velocidade em banda larga, a resposta as nossas perguntas tem que ser on-line. Morremos aos milhares no trânsito todo ano, mas nossos carros não podem ir devagar, nossos aparelhos celulares fazem muitas funções e tudo na hora, as imagens na TV e filmes tem que mudar rapidamente, de três em três segundos e queremos soluções divinas (respostas as nossas orações) rápidas, nosso devocional (leitura da Bíblia, oração e meditação) tem que ser em poucos minutos, pois tudo está girando rapidamente e não tenho tempo a perder.
É neste contexto que precisamos ouvir mais uma vez a palavra do Senhor: “Sede, pois, irmãos pacientes, até a vinda do Senhor”. (Tg 5:7a). O “irmão do Senhor” nos exorta a manter quatro atitudes para esperar a vinda do Senhor:
1. Sejamos pacientes (v.7).
Para entender esta exortação precisamos lembrar o texto anterior 5:1-6; pacientes para esperar Deus fazer justiça aos justos (v.6) que estão orando ao Senhor por causa dos patrões opressores e injustos, pois trabalharam e não receberam (v.4). Estão sofrendo injustiças enquanto os seus patrões ricos e certamente não cristãos, estão acumulando riquezas corruptas que testemunham contra eles mesmos diante de Deus (v.2-3).
Paciência porque Deus é justo e já ouviu os clamores dos injustiçados (v.4).
Precisamos de paciência para esperar Deus julgar todos os corruptos que desviam dinheiro público, que se utilizam de seus cargos em empresas privadas ou públicas para exigir comissões e propinas para pagar o que é devido aos que venderam ou prestaram serviços. Vivemos hoje um sistema institucionalizado de corrupção ao tal ponto que se você não participar, perde o contrato, não recebe o que é devido e é marginalizado.
2. Fortaleça o seu coração (v.8).
Para viver em um mundo injusto e corrupto é necessário fortalecer o coração no Senhor:
a) Conhecendo as promessas de Deus. É muitíssimo importante conhecer as promessas do Senhor; para esperar confiadamente. É necessário conhecer, e crer nas promessas de Deus.
b) Crendo que Deus fará justiça aos seus escolhidos. Ele voltará e punirá os ímpios e recompensará os justos.
c) Conhecendo os critérios de julgamento de Deus.
■ Aos perseguidos por causa da justiça “Deus lhes dará o reino de Deus”. (Mt 5:10).
■ Aos perseguidos por lutarem pela causa de Cristo. Terão “grande galardão nos céus”. (Mt 5:11-12).
■ Quanto maior a tribulação, maior será o “eterno peso de glória acima de toda comparação”. (II Co 4:17).
Fortaleça seu coração no Senhor e não abandone sua confiança, ela tem grande galardão. (Hb 10:32-39).
3. Não vos queixeis uns dos outros (v.9).
Quando estamos passando por provações precisamos guardar nosso coração para não cairmos na tentação de:
a) Queixar-nos uns dos outros. A pressão das circunstâncias pode nos levar a queixumes contra os amigos íntimos, os familiares. A paciência está ligada a “suportar-nos uns aos outros” em amor.
b) Queixar-nos de Deus, fazendo perguntas que só dificultam nossa situação, como “Por que permites que eu sofra isto?” “Por que permites que meu filho passe por isso?”
c) Invejar a prosperidade dos ímpios. O Senhor nos adverte no Sl 37:1 assim: “Não te indignes por causa dos malfeitores, nem tenhas inveja dos que praticam a iniqüidade”. O Senhor nos diz “Eles em breve definharão e murcharão... (v.2) e nos exorta a confiar “confia no Senhor e faze o bem, habita na terra e alimenta-te da verdade” (v.3).
4. Tome por exemplo os homens de Deus que perseveram em meio ao sofrimento (v.10-11).
O apóstolo Tiago viveu num tempo de perseguição a fé cristã por parte dos judeus, um tempo de injustiças dos ricos contra os trabalhadores pobres, entre os quais muitos eram cristãos. O próprio Tiago foi martirizado em Jerusalém pelos judeus.
Hoje vivemos num tempo perigoso de sedução aos nossos corações pelos prazeres do mundo, pela liberação e libertinagem sexual, pelas facilidades do capitalismo que podem nos afastar da simplicidade do evangelho e nos arrastar com os infiéis para uma vida mais “fácil”. Isso tudo pode nos tirar do coração a disposição de viver uma vida santa, de assumir posições firmes como cristãos, de perseverarmos pacientemente no Senhor como os homens de Deus que viveram, sofreram, mas perseveraram sendo exemplos para nós.
A tentação hoje é que tudo é mais fácil e ainda temos a teologia da prosperidade para encher os nossos corações para buscar a prata e o ouro e tirar de nós toda disposição de pagar um preço para viver uma vida justa e piedosa.
Que o Senhor nos ajude a ter paciência, a fortalecer nossos corações, e vivermos sem queixumes, mas com perseverança, pregando o evangelho, esperando e apressando a vinda do Senhor.

José João Mesquita



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...