sexta-feira, 3 de setembro de 2010

O Sofrimento

O homem não compreende o motivo de seu sofrimento. Por que Deus permite que seus filhos sofram? Embora haja uma explicação, é possível que não a conheçamos aqui na terra. Enquanto isto, devemos estar sempre prontos para os testes em nossa vida. O sofrimento pode ser - mas nem sempre é – uma punição pelo pecado. Da mesma forma, a prosperidade nem sempre é uma recompensa pela bondade. Os que amam a Deus não estão isentos de problemas. Embora possamos não compreender a dor que sentimos, ela pode-nos levar a redescobrir Deus. O sofrimento nem sempre é resultado do pecado pessoal. Quando sofremos severamente, pode não ser por nossa falta; assim sendo, não precisamos acrescentar à nossa dor o sentimento de culpa por algum pecado oculto ser o agente causador do nosso problema. O sofrimento purifica a nossa fé. Mas Deus está além da nossa compreensão, e não podemos saber por que Ele permite cada sofrimento em nossa vida. Nossa tarefa é simplesmente permanecermos fieis. O Senhor está no controle do mundo, e apenas Ele compreende por que o justo sofre. Isto somente nos fica claro quando vemos Deus como Ele realmente é. Precisamos corajosamente aceitar o que Deus permitir que aconteça em nossa vida, e permanecermos firmemente comprometidos com Ele. Através do sofrimento, aprendemos que Deus é suficiente para a nossa vida e o nosso futuro. Precisamos amar a Deus a despeito das bênçãos ou dos sofrimentos que nos sobrevenham. Ser provado é difícil, mas o resultado é sempre um relacionamento mais profundo com Deus. Os que suportarem a prova de sua fé ao final experimentarão as grandes recompensas de Deus.
Devemos lembrar-nos que vivemos em um mundo caído, onde o bom comportamento nem sempre é recompensado, e o mau nem sempre é punido. Quando presenciamos um notório criminoso prosperar ou uma criança inocente sofrer, dizemos: “Isto é errado”, e é mesmo. O pecado tem distorcido a justiça e tornado feio e imprevisível o nosso mundo. Portanto, é comum que pessoas inocentes sofram. Se Deus retirasse o nosso sofrimento sempre que pedíssemos, poderíamos segui-lo por conforto e conveniência, não por amor e devoção. A despeito das razões de nosso padecimento, Jesus tem o poder de ajudar-nos a lidar com as situações difíceis. Ao sofrer por uma doença, tragédia ou deficiência física, tente não perguntar “por que isto está acontecendo comigo?” ou “o que fiz de errado?” Em vez disso, peça a Deus para dar-lhe forças durante as provas e uma clara perspectiva daquilo que está acontecendo.
Algumas vezes o sofrimento ocorre como consequência de obedecer a Deus. Você está seguindo a Deus, mas permanece sofrendo - ou está sofrendo ainda mais do que antes? Se a sua vida está deplorável, não significa que você não tem alcançado graça aos olhos de Deus. Você pode estar sofrendo por fazer o bem neste mundo mau.

Bíblia de Estudo Aplicação Pessoal

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...