quinta-feira, 23 de setembro de 2010

A destruição dos cananeus

Por que os israelitas receberam a orientação para destruir os habitantes de Canaã? Deus possuía vários motivos para dar esta ordem. (1) Ele estava exterminando a maldade de nações extremamente pecadoras. Os cananeus foram os responsáveis por sua própria punição. A adoração a ídolos expressavam seus mais profundos desejos malignos, a levou-os a adorar Satanás e a rejeitar a Deus. (2) O Senhor estava usando Moisés e Israel para julgar Canaã em cumprimento à profecia em Gênesis 9,25. (3) Deus queria remover todas as crenças e práticas pagãs daquela terra. Ele não queria o seu povo envolvido com qualquer forma de idolatria. Os israelitas não entenderam completamente os motivos de Deus, e não obedeceram a ordem dEle. Isto os levou ao pecado e à corrupção. Devemos obedecer a Deus em todas as áreas de nossa vida sem questioná-lo, pois Ele sabe o que é justo, mesmo que não compreendamos bem seus propósitos soberanos.
Uma tarefa torna-se muito mais difícil quando não a cumprimos de imediato. Deus alertou os israelitas de que, se eles não eliminassem os habitantes de Canaã, mais tarde teriam grandes problemas. Foi exatamente o que aconteceu. Assim como os israelitas hesitaram em expulsar povos malignos, nós também hesitamos em remover todo o pecado de nossa vida, quer por medo do mal (os israelitas temiam os gigantes), ou porque o pecado parece inofensivo ou atrativo. Mas o texto em Hb. 12,1 é claro: ”deixemos todo embaraço e o pecado que tão de perto nos rodeia”. Todos nós possuímos “ídolos” dos quais não queremos livrar-nos (um mau hábito, um relacionamento pouco saudável, um desejo pecaminoso). Se permitirmos que estes ídolos nos dominem, mais tarde nos causarão sérios problemas.
Deus ordenou que os israelitas destruíssem totalmente seus inimigos. Como pode o Deus de amor e de misericórdia dar ordem para eliminar todas as pessoas, até as crianças? Embora Deus seja amoroso e misericordioso, Ele também é justo. Ele não permite que o mal continue atuar de forma desenfreada. As outras nações eram uma parte da criação de Deus assim como Israel. Em sua soberania, Ele as castigou. Já havia punido Israel, deixando a nação no deserto por 40 anos, a fim de que todos os israelitas que o desobedeceram morressem e não alcançassem a terra prometida. A ordem para destruir as nações ímpias era um julgamento (Dt. 9,4-6) e uma medida de segurança. Por um lado, os habitantes de Canaã foram punidos pelo seu pecado; Israel foi instrumento de Deus para executar este juízo, da mesma maneira que um dia Deus usará as outras nações para punir Israel pelo seu pecado (II Cr. 36,17; Is. 10,12). Por outro lado, Israel seria protegido da ruína que lhe sobreviria se fosse contagiada pela idolatria e pela moralidade das nações ímpias. Pensar que Deus é tolerante com o pecado seria menosprezá-lo.

Bíblia de Estudo Aplicação Pessoal

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...