segunda-feira, 29 de março de 2010

Fé: Telescópio de Deus!

A fé é a posse antecipada do que se espera, segurança das coisas esperadas (céu); convicção das coisas não desejadas (inferno). É o meio de demonstrar as realidades que não se vêem. Saímos das dimensões das limitações humanas e entramos na dimensão de Deus. A fé é totalmente orientada para o futuro; Liga-se somente ao invisível.
A fé, é o telescópio de Deus, que permite ao cristão ver o futuro e a eternidade. É o telescópio espiritual com o qual contemplamos os mistérios do mundo divino. Demonstram as realidades que não se vêem. A vida do cristão é espiritualizada pela fé. Cristo torna-se, de certo modo, o sujeito de todas as ações vitais do cristão (Gl.2,20). A fé é o fruto do Espírito (Gl.5,22); Os dons são concedidos gratuitamente, o fruto é produzido. Nenhum cérebro humano ou laboratório de pesquisa pode produzir esta fé. Ela promana de Deus! (Hb. 12,2)
Estágios da fé:
Fé Escassa - Faz com que os cristãos estejam intranquilos, preocupados com o salário, alimentos, roupas, etc. (Mt.6,25-34)
Fé Razoável - Muitos milagres poderiam estar acontecendo se não fosse a nossa tão pequena fé. Impede até de expulsar demônios. Quando temos esta fé, as coisas não acontecem como desejamos; Quando
nossa fé é pouca, somos incapazes de enfrentar as tempestades da vida. E, até esquecemos que Jesus está no barco! (Mt. 8,26)
Cheio de fé - Qualquer pessoa pode ter uma grande fé. É crer no milagre à distância.
Como obtê-la: A fé é o combustível de nossa carruagem espiritual. (Hb. 10,38; II Cor. 5,7; hab. 2,4). O justo vive pela fé; andamos por fé e não por vista. O justo é movido a fé. (Rm.14,23; IICor. 5,7).
Postos de abastecimento:
Oração - Faz a fé crescer. (Lc. 22,32);  Usamos a pequena fé que temos para pedir muito mais ao Senhor.
Consagração - Oração e jejum. (Mt. 6,8);
Palavra de Deus - Só quem é rico em conhecimento das Escrituras, possui uma fé viva e poderosa. (Rm. 10, 8.17);
Louvor a Deus - Abraão foi fortificado na fé, dando glória a Deus. (Rm. 4,20; Jo. 5,44);
Trabalho - O trabalho traz dignidade também, à fé! (I Tm. 3,13; Tg. 2, 17-20);
Amor - É o exercício do amor que manifesta que a fé é viva; cresce, fortifica pelo amor. A fé deve ser ativa, pelo amor. É uma fé dinâmica. (Gl. 5,6);
Provações - Pelas lutas e sofrimentos, crescemos na fé. (Fp. 1,6;Rm. 5,3; II Tess. 1,4; I Pd. 5,i9).
Inimigos da fé:
Incredulidade - É pecado. (Jo. 16,9). Ela se aloja no coração perverso. (Jo. 10,26); Impede a operação de Deus. (Mt.17,20). Será castigada por Deus. Mc. 16,16).
Dúvida - Jesus sempre condenou a dúvida. (Mt. 14,31); é um inimigo que nos afasta da operação de Deus. (Mt. 21,21);
Desconfiança - Tomé será sempre lembrado como o discípulo que desconfiou da ressurreição de Jesus. (Jo. 20,25);
Medo - O medo é um véu que impede a pessoa de exercer a fé. Jo. 14, 1.2.7)
Efeitos da fé:
Produz a vitória - (I Jo. 5,4-5);
Produz milagres - (Tg. 5,15);
Opera salvação - (Ef. 2,8-9);
Permite chegar ao céu - ( II Tm. 4,7);
Opera nossa santificação - (At. 15,9);
Permite agradar a Deus - (Mt. 15,28; Gn. 4,4; Hb. 11,6).
As promessas de Deus são oferecidas à fé. Sua realização só pode ser percebida e acolhida pela fé, na pessoa e na obra de Jesus. (At. 2,39).

Fratermaurício

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...