quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Jesus chora quando alguém não aproveita o dia da oportunidade.


Quando se aproximou e viu a cidade, Jesus chorou sobre ela e disse: “Se você compreendesse neste dia, sim, você também, o que traz a paz! Mas agora isso está oculto aos seus olhos. Virão dias em que os seus inimigos construirão trincheiras contra você, a rodearão e a cercarão de todos os lados. Também a lançarão por terra, você e os seus filhos. Não deixarão pedra sobre pedra, porque você não reconheceu a oportunidade que Deus lhe concedeu. (Lc 19.41-44)
Quando foi a última vez que você chorou?. Há pessoas que “choram por qualquer coisa”, ou seja, que são muito emotivas e choram muito facilmente. Há quem chore ouvindo uma música ou assistindo a um filme…
Jesus, antes de entrar em Jerusalém, do alto do Monte das Oliveiras, contemplando a cidade, chorou. A Bíblia conta de duas oportunidades quando Jesus chorou. A outra foi antes de ressuscitar a Lázaro. É possível reconhecer o que faz Deus chorar.

I. Há uma revelação no nome Jerusalém.

O nome da cidade onde Jesus foi crucificado significa “cidade da paz”. Jesus chorou porque o povo da “cidade da paz” não O reconhecia como aquele que traz paz do céu, paz com Deus. Não é sem propósito que o nome da cidade preparada por Deus para ser nossa morada futura e eterna também é Jerusalém (Ap 21.2). A cidade onde habitarão todas as pessoas que têm paz com Deus.
Saber que Jesus veio ao mundo é pouco. É preciso compreender que Ele veio efetuar a paz (v. 42). Foi isso que Ele disse, chorando, enquanto olhava para a cidade.

II. Deus quer lhe dar vitória sobre seus inimigos.

Deus quer ser seu amigo. Jesus é a prova incontestável disso (Rm 5.8). Enquanto chorava, Jesus revelou o futuro que aguardava aquela cidade. Os inimigos a cercariam, cavariam trincheiras em seu redor, cercando-a por todos os lados. Jesus completa, dizendo que tais inimigos não poupariam as famílias da cidade e que não restaria “pedra sobre pedra”.
A história conta o que ocorreu a Jerusalém exatamente no ano 70 dC, quando o general romano Tito, com um grande exército, sufocou uma revolta dos judeus e destruiu a cidade de Jerusalém, inclusive o templo que está destruído até hoje.
Deus conhece o nosso futuro. Ele sabe do que os nossos inimigos são capazes e chora quando recusamos Seus cuidados. O Diabo é nosso inimigo. O pecado é nosso inimigo. Porém, o pior de todos os inimigos é a morte (I Co 15.26).

III. Jesus chora quando alguém não aproveita o dia da oportunidade.

Observe as últimas palavras de Jesus: “porque você não reconheceu a oportunidade que Deus lhe concedeu”.

“Hoje, se vocês ouvirem a sua voz, não endureçam o coração…”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...